Home / Destaque / Adolescentes presos em caverna da Tailândia há nove dias são resgatados com vida

Adolescentes presos em caverna da Tailândia há nove dias são resgatados com vida

Com idade entre 11 e 16 anos, os garotos e o treinador estavam desaparecidos desde o dia 23 de junho, quando teriam entrado na caverna durante um passeio – e foram surpreendidos por chuvas torrenciais

Doze adolescentes estavam desaparecidos há nove dias dentro de uma caverna da Tailândia, inundada por fortes chuvas
Reprodução/Twitter

Doze adolescentes estavam desaparecidos há nove dias dentro de uma caverna da Tailândia, inundada por fortes chuvas

Doze adolescentes de um time de futebol júnior que estavam desaparecidos há nove dias dentro de uma caverna da Tailândia inundada por causa das chuvas torrenciais foram resgatados com vida nesta segunda-feira (2), segundo informaram autoridades do país.

De acordo com o governador da província de Chiang Rai, Narongsak Osottanakorn, oficiais das forças navais do país encontraram os adolescentes dentro da caverna da Tailândia – chamada Tham Luang –, na fronteira entre Laos e Myanmar, todos com “sinais de vida”. Além dos 12 meninos, o treinador do time, de 25 anos, também foi resgatado hoje.

Com idade entre 11 e 16 anos, os garotos e o treinador estavam desaparecidos desde o dia 23 de junho, quando teriam entrado na caverna durante um passeio – e foram surpreendidos por chuvas torrenciais, que inclusive impediram a entrada de mergulhadores profissionais para o resgate.

Eles teriam pedalado até a caverna depois do treino e podem ter entrado no local por túnel estreito de 15 metros que ficou completamente cheio de água devido à forte chuva.

Como foi o resgate na caverna da Tailândia

Por causa da dificuldade em buscar o grupo, a Tailândia recebeu esforços de resgate internacionais, tais como especialistas britânicos em mergulho em cavernas, 17 especialistas em salvamento e sobrevivência da Força Aérea dos Estados Unidos, que viajaram do Japão para se juntar ao exército tailandês, além de oficiais da Marinha e da polícia, que trabalharam dia e noite durante os nove dias para tentar encontrar os adolescentes desaparecidos. Também foi enviada ajuda do Japão, China e Austrália.

Desde a última quinta-feira, autoridades tailandesas acreditavam que o time poderia ter encontrado refúgio numa câmera da  caverna grande , seca e mais alta, que é chamada de “Pattaya Beach”. Desse modo, chegaram a considerar perfurar um buraco a partir do topo da montanha para localizá-los. Essa câmara está localizada a cerca de cinco quilômetros da principal entrada do parque florestal que dá acesso ao complexo de cavernas na cidade de Mae Sai, na fronteira.

Os fuzileiros navais dos EUA realizaram uma ação “em T” no fundo da caverna, a poucos quilômetros de onde os garotos supostamente estariam, no sábado. Os mergulhadores chegaram a esse mesmo local no início da semana passada, mas foram forçados a recuar devido à enchente.

Grupo conhecia bem a área da caverna

De acordo com informações do The Guardian, os adolescentes e o técnico da academia Moo Pa conheciam bem o local e já tinham visitado a caverna da Tailândia algumas vezes antes desse incidente – inclusive, foi esse fato que mais trouxe esperanças de que eles teriam se dirigido para a câmara arejada para fugir da inundação.

 

Comentários

Comentários

Rolar para o Top