Home / + Goias / Barrados na cláusula de desempenho, PcdoB e PPL vão fundir legendas

Barrados na cláusula de desempenho, PcdoB e PPL vão fundir legendas

Além da renovação de candidatos após as eleições, a partir do ano que vem o eleitor vai sentir uma considerável mudança no cenário partidário em todo país. Isso porque 14 partidos brasileiros não conseguiram atingir a chamada cláusula de barreira que causa perda de tempo na TV e recursos do fundo partidário.

Por conta desse cenário, o eleitor vai observar a fusão de algumas legendas para garantir a sobrevivência, força e representatividade para as próximas eleições.

Em Goiás, alguns partidos já negociam a fusão das legendas. É o caso do Partido Comunista do Brasil (PC do B) e do Partido Pátria Livre (PPL).

O presidente regional do PC do B de Goiânia, Nivaldo dos Santos, afirmou em entrevista ao Jornal Opção que a legenda tradicional de esquerda vai fazer a fusão com o PPL. “Na capital, o PC do B já acertou com o PPL para integrar a legenda. Neste momento, estamos realizando reuniões regionais para que os dois partidos fiquem satisfeitos com seus programas”, destacou.

O PPL deve ser acoplado ao PC do B por ter conseguido eleger apenas um deputado na Câmara. Em entrevista, a presidente estadual do PPL, Jucilene Barros, destacou que ainda será realizada uma reunião com representantes do PC do B, em São Paulo, no dia 2 de dezembro.
“Precisamos formalizar e negociar algumas questões ideológicas, pois entendemos que o PC do B precisa do PPL para continuar recebendo fundo partidário e ter representação significativa”, explicou.

Na visão de Nivaldo dos Santos, a cláusula de barreira deve promover a pluralidade dentro dos partidos que foi perdida no decorrer dos anos. “Esta é uma tendência mundial e não existe a possibilidade de não aderir, além disso, é uma oportunidade para, por exemplo, a esquerda se unir e contemplar as mesmas pautas”, completou.

Já Jucilene considera a medida uma forma de prejudicar a democracia. “A cláusula de barreira é uma espécie de dispositivo que exclui os partidos pequenos, fazendo com que o cenário partidário fique concentrado nos partidos maiores”, destacou a presidente estadual do PPL.

Os partidos impactados com a cláusula de barreira são: Rede Sustentabilidade, Patriota, Partido Humanista da Solidariedade (PHS), Partido Cristão (DC), Partido Comunista do Brasil ( PC do B), Partido Comunista Brasileiro (PCB), Partido da Causa Operária (PCO), Partido da Mulher Brasileira (PMB), Partido da Mobilização Nacional (PMN), Partido Pátria Livre (PPL), Partido Republicano Progressista (PRP), Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) e Partido Trabalhista Cristão (PTC).

Comentários

Comentários

Rolar para o Top