Bolsonaro entrega PEC da Previdência ao Congresso

0
20

O presidente Jair Bolsonaro entregou nesta quarta-feira a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência ao Congresso Nacional e se reuniu com os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Bolsonaro foi acompanhado em sua visita ao Congresso pelos ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. A reforma da Previdência é a principal prioridade do governo Bolsonaro e também é apontada como crucial para enfrentar o rombo nas contas públicas.

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro chega a evento em Brasília
19/02/2019
REUTERS/Ueslei Marcelino
O presidente brasileiro Jair Bolsonaro chega a evento em Brasília 19/02/2019 REUTERS/Ueslei Marcelino

Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

O presidente chegou ao Congresso por volta das 9h25 e, acompanhado de Maia e Alcolumbre, dirigiu-se ao gabinete da Presidência da Câmara para apresentar a proposta da reforma da Previdência pontualmente às 9h30.

Bolsonaro, ministros e parlamentares que o acompanharam não falaram com a imprensa na chegada, somente acenaram.

Perto do gabinete de Maia, após a chegada do cortejo presidencial, deputados de oposição vestido com coletes laranjas e empunhando também frutas protestaram contra Bolsonaro e cobraram investigações do que eles chamaram de “laranjal” — uma referência às suspeitas de irregularidades no uso de recursos público do fundo eleitoral com candidaturas do PSL, partido do presidente.

O líder do PSOL na Câmara, Ivan Valente (SP), cobrou a demissão imediata do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio, e as investigações sobre essas suspeitas de irregularidades, inclusive com a vinda ao Congresso do ex-ministro Gustavo Bebianno.