Detran Go: motoristas receberão novo modelo de CNH

0
171
Modelo que começa a ser confeccionado em janeiro terá mais dez itens de segurança. A partir de março, Denatran deve inserir QR Code

A partir de janeiro, o Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran), começará a emitir os documentos de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), em uma nova cédula do papel moeda. Aprovada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Conatran), em maio deste ano, o documento terá dez aspectos a mais que o modelo antigo, o que dificultará a falsificação por organizações criminosas. Os novos papéis para a impressão já estão na sede do Detran em Goiás. “Estamos com tudo pronto, e esperando a semana do dia dois para começarmos a imprimir o novo modelo”, disse o gerente de habilitação e exame de transito, Rodrigo Rezende.

Conforme Rezende, atualmente os registros de furto de papel moeda são basicamente “nulos” no Brasil. “O maior problema é o roubo de CNH. O criminoso apaga as escritas do documento antigo e assim consegue falsificar com novos escritos”, explica o gerente de habilitação. A impressão no novo modelo de papel terá uma série de itens que se danificam no momento que alguém tenta apagar o escrito.

Para evitar a falsificação do documento de Goiás, e em outros estados, a presença de um brasão estadual dará uma segurança reforçada. “Se alguém rouba o documento, no caso de uma falsificação não há como ser feita em outro estado. A CNH será de Goiás e só serve para essa unidade da federação. Isso pode diminuir a atuação de quadrilhas que falsificam o documento”, relata Rezende.

O estudante de ciências contábeis Guilherme Freitas está com o processo para a obtenção da CNH aberto há dois meses e avalia o modelo que pretende adquirir. “Com toda certeza terei uma maior segurança com esse documento. Evitará muita falsificação”, disse. O gerente de vendas Raul Chaves também concordou, “Renovei minha carteira recentemente, espero pegar da próxima vez um documento com todos os itens de segurança”.

Demanda

Mensalmente são impressos 55 mil CNHs, em Goiás. A expectativa do Detran é que não falte material para a impressão dos novos documentos. “São apenas três gráficas, em todo o país, que estão autorizadas a realizarem a impressão da carteira. O nosso contrato já tem especificado a demanda”, garantiu Rezende. “Os campos do documento são os mesmos, não tiveram alteração para a impressão. O que muda é só tipo de papel e o tamanho”, considerou.

Em cinco anos, todas as CNHs serão trocadas. Sendo assim, os motoristas não irão precisar trocar o atual documento. O que acontecerá gradativamente e conforme a renovação dos antigos. Segundo o Detran, nenhum custo a mais será agregado ao motorista que renovar ou tirar a habilitação com o novo modelo.

por Wilton Morais, O Hoje.

criação de site