Governo de Goiás pagou R$ 700 mil a advogados dativos

0
291

Prioridade é garantir o pagamento dentro do mês arrecadado
O Governo de Goiás pagou R$ 700 mil a advogados dativos, nesta sexta-feira, dia 26. O valor refere-se à arrecadação de março do Fundo de Apoio ao Pagamento de Advogados Dativos (Fundativo), que é composto por 2% da verba dos cartórios extrajudiciais. Com isso, o governo estadual cumpre o compromisso de fazer o repasse dos honorários dativos dentro do mês arrecadado, sem desvirtuar o valor para outros fins, regularizando os pagamentos mês a mês, conforme determinação do governador Ronaldo Caiado. 
O secretário de Governo (Segov), Ernesto Roller, ressalta que a prioridade do governo é garantir que o pagamento seja feito dentro do mês arrecadado. O coordenador de Honorários Dativos da Segov, Diogo Oliveira, explica o trâmite processual.  “O que os cartórios arrecadam dentro do mês tem de ser repassado à Secretaria da Economia até o dia 10 do mês subsequente. Feito esse repasse, a secretaria tem o prazo para dividir o valor entre os diversos fundos. O valor do Fundativo entra para a Segov, geralmente, entre os dias 20 e 25. Após esse repasse, o nosso esforço é efetuar os pagamentos no menor tempo possível”, explica. 


O pagamento segue a ordem cronológica da listagem gerada por um sistema eletrônico, chamado Sistema de Honorários Dativos, sendo que os profissionais com mais de 60 anos e portadores de doenças graves têm preferência na fila de recebimento. O valor, creditado diretamente em conta bancária, será suficiente para pagar 257 advogados, responsáveis por processos protocolados em agosto de 2013 e agosto de 2015, no caso dos prioritários.   
A atual administração, que recebeu o Fundativo com saldo zerado, herdou do governo passado uma dívida superior a R$ 41 milhões com honorários dativos de 13.252 processos protocolados até dezembro de 2018. Em 2018, o fundo, que é composto por 2% da verba dos cartórios extrajudiciais, arrecadou R$ 12.030.482,28. Desse total, apenas R$ 2.054.760,20 foram destinados ao pagamento de advogados dativos. “Apesar de um atraso histórico no pagamento, a advocacia dativa sempre prestou o serviço. Agora, com a regularização do pagamento dos honorários, teremos uma maior procura por parte dos advogados para a prestação desse serviço essencial à população, que contará com um maior número de profissionais”, afirma Ernesto Roller.  Advogado dativoO advogado dativo assume o papel de defensor público, ajudando o cidadão comum, por indicação da Justiça. Em virtude da assunção desse papel, o advogado dativo tem o direito de perceber os honorários arbitrados pelo Juiz de Direito a título de remuneração pelos serviços prestados, e esses honorários são pagos pela Administração Pública, por meio da Secretaria de Governo (Segov).

criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui