Home / Destaque / Governo Trump apoia imposto sobre remessas enviadas por imigrantes

Governo Trump apoia imposto sobre remessas enviadas por imigrantes

O governo do presidente Donald Trump apoia no Congresso a proposta de um legislador republicano de cobrar um imposto de 1% sobre as remessas que os imigrantes enviam para seus países de origem.

O projeto do representante do Texas, Ted Poe, tem uma dedicação especial para o México e a China, que ele demonstrou em seus argumentos.

“Estamos enviando muito dinheiro, dinheiro de desenvolvimento econômico dos Estados Unidos, para o México e outros países”, disse o legislador. 

Então veio seu plano: “Os Estados Unidos não deveriam cobrar uma taxa de um por cento para essas transações especificamente de trabalhadores estrangeiros que enviam dinheiro para o México e qualquer outro país, para que essa renda permaneça nos Estados Unidos?”

O vice-secretário de Estado adjunto do Departamento de Estado para o Hemisfério Ocidental, Kenneth Merten, apoiou a moção, publicou o jornal Reforma.

“É uma ideia interessante, acho que é potencialmente sujeito à legislação se eles decidirem seguir esse caminho”, disse ele.

Também a administradora assistente da Agência para o Desenvolvimento Internacional (USAID), Sarah-Ann Lynch, expressou seu apoio.

“Às vezes vemos as remessas como uma maneira de reduzir a ajuda direta, mas ficaríamos felizes em ver isso e analisá-lo”, disse a autoridade.

Poe disse que a questão deve ser considerada pelo Congresso, porque as remessas totais chegam a US $ 139 bilhões por ano.

Law Offices of Witer DeSiqueira

www.witeradvogados.com

Fonte: https://laopinion.com

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.

Comentários

Comentários

Rolar para o Top