Home / Colunistas / Inteligência Artificial: está preparado?, por Luiz Henrique Mizukami

Inteligência Artificial: está preparado?, por Luiz Henrique Mizukami

Há muito tempo ouvimos que a mobilidade irá permitir que os funcionários sejam produtivos onde quer que estejam, para acelerar os processos de negócios e melhorar a eficiência operacional, colocando os dados mais atualizados nas mãos dos trabalhadores no campo. A Inteligência Artificial vai ajudar e seu smartphone será fundamental nesse processo.

Diversas áreas serão impactadas como gerenciamento de dispositivos, UX, segurança, Apps e os próprios dispositivos. Ao mesmo tempo, novas preocupações com a privacidade certamente surgirão à medida que a Inteligência Artificial e o Machine Learning se tornarem cada vez mais eficientes na coleta de dados.

A IA e ML vão ajudar as empresas a identificar como os usuários finais gastam seu tempo e como os processos e experiências do usuário poderão sofrer melhorias.

Autenticação mais fácil é um exemplo. O reconhecimento de padrões é uma força da IA. Como a IA pode reunir grandes quantidades desses dados e reconhecer anomalias com facilidade, ela pode tornar a autenticação muito mais transparente para os usuários.

Outra melhora da IA e do ML será em recursos de text-to-speech, permitindo que a tecnologia substitua a entrada de dados do smartphone em algumas situações. Segmentos como saúde e segurança poderão usar a fala para entrada de dados para tarefas básicas, como registros e atualizações de fluxo de trabalho.

A TI se beneficiará da assistência da AI e da ML com o gerenciamento de dispositivos. A tecnologia poderá ser usada para verificar todos os dispositivos em uma organização e notificar proativamente o administrador sobre problemas, como a descoberta de que 25% dos dispositivos Android da organização estão com duas versões desatualizadas.

Luiz Henrique Mizukami, • 14 anos de experiência desenvolvidos em empresas de varejo, automotivo, auditoria e serviços (TI); • Gestão de equipe multidisciplinar: 23 pessoas • Planejamento estratégico das áreas de Marketing e Comunicação, Inteligência de Mercado e Prospecção; • Digital (Inbound Marketing, SEO, AdWords, Analytics) e Social Media (Blog, Facebook, LinkedIn, YouTube); • Eventos (Construção de eventos próprios e Patrocinados); • Criação/Design (Comunicação integrada em todos os canais de comunicação); • Geração de Leads (Identificando e segmentando os perfis de clientes, geração de leads por meio das mídias digitais, aumentando a prospecção ativa qualificada); • Inteligência de Mercado (Relatórios gerenciais, análise de concorrentes, regiões e estratégia para abertura de novos negócios).

É provável que a TI também aprecie muitos dos aprimoramentos da experiência do usuário alimentados por Inteligência Artificial que estão chegando às ferramentas de e-mail, contato e calendário, à medida que os fornecedores adicionam suporte para seus assistentes pessoais. Já é bastante comum os calendários usarem a IA para informar aos usuários quando devem sair para um compromisso

 

 

Comentários

Comentários

Rolar para o Top