Marca de cerveja faz goleiro egípcio recusar prêmio de melhor em campo

0
153

O goleiro Mohamed El-Shenawy foi considerado pela Fifa o melhor atleta (MVP) da partida Uruguai 1 x 0 Egito, na sexta-feira (15). Mas o jogador se recusou a receber o prêmio. A informação é do jornal Mundo Deportivo. O motivo da rejeição é a presença da marca da cervejaria Budweiser na taça.

Muçulmano, El-Shenawy não ingere bebida alcoólica, considerando que o prêmio vai contra os preceitos de sua religião.

Marca de cerveja faz goleiro egípcio recusar prêmio de melhor em campo: Muçulmano, El-Shenawy não ingere bebida alcoólica, considerando que o prêmio vai contra os preceitos de sua religião

© REUTERS Muçulmano, El-Shenawy não ingere bebida alcoólica, considerando que o prêmio vai contra os preceitos de sua religião

 

Em campo, Mohamed El-Shenawy fez grandes defesas. No segundo tempo, o goleiro egípcio impediu os gols de Suárez e Cavani. El-Shenawy só não conseguiu evitar o gol de José Gimenez, aos 44 minutos do segundo tempo.

Mas suas defesas foram lembradas pela Fifa, que em toda partida concede premiação ao destaque em campo. Com informações da Folhapress.

criação de site