MP denuncia Joesley Batista, ex-procurador Marcelo Miller e mais 2

0
59

Ministério Público Federal apresentou nesta segunda-feira (25) uma denúncia contra o ex-procurador da República Marcello Miller, a advogada Esther Flesch, o empresário Joesley Batista e o ex-diretor jurídico da JBS Francisco de Assis e Silva.

A acusação foi apresentada em segredo de justiça à Justiça Federal de Brasília, segundo a assessoria de imprensa do órgão.

O Ministério Público Federal afirmou que o ex-procurador Marcelo Miller recebeu vantagem indevida de R$ 700 mil para ajudar a J&F (grupo do qual a JBS faz parte) a obter informações para fechar acordo de delação premiada.

Conforme a acusação, “Joesley Batista e Francisco de Assis ofereceram promessa de vantagem indevida a Marcelo Miller Ester Flesch, para que o primeiro, ainda que potencialmente, praticasse atos de ofícios em seu favor”.

Para que eles virem réus, a denúncia precisa ser analisada pela Justiça. O MP pediu que os acusados sejam notificados a apresentar suas versões.

Na semana passada, a Polícia Federal indiciou os quatro por suposta prática de corrupção. Segundo a PF, Joesley e Francisco de Assis, junto com Esther Flesch e a advogada Fernanda Tórtima corromperam Marcelo Miller para obter ajuda no acordo de delação premiada de executivos da J&F.