Na expectativa por ajuda fiscal, Caiado deixa reunião com Bolsonaro frustrado

0
15

O governador Ronaldo Caiado (DEM), durante abertura de seminário para tratar da situação fiscal do Estado, falou com certa frustração que o Governo Federal ainda não deu o apoio esperado para que Goiás saísse do sufoco.

“Quando pediram para cortar na folha, cortamos, quando pediram que fizéssemos revisão de contrato, fizemos…”, citou ao exemplificar exigências que o Estado tem cumprido.

Segundo o governador, que estevenesta quarta, 8, com o presidente Jair Bolsonaro (PSL), em uma semana se reunirá novamente para tratar de apoio para resolver o “sufoco” financeiro de Goiás com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzonni.

No encontro desta quarta, em Brasília, Caiado e outros governadores se reuniram com Bolsonaro, governadores e senadores para ver, dentre outras coisas, detalhes do programa de ajuda aos Estados — o Plano Mansueto. O plano que seria entregue por meio de projeto no Congresso ainda nesta quarta teve apresentação adiada para quinta-feira, 9.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui