Nesta sexta em Goiânia: Encontro Estadual de Formação dos Conselhos Municipais de Juventude

0
113

A Secretaria de Estado de Governo (Segov), por meio da Superintendência da Juventude (Sujuv), promove o VII Encontro Estadual de Formação dos Conselhos Municipais de Juventude e o 1º Encontro de Gestores Municipais da Juventude, nesta sexta-feira, dia 24, às 14 horas, no Auditório do Gabinete Militar do 9º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Até o momento 90 prefeituras confirmaram presença. Dos 246 municípios goianos, 40 já criaram seus Conselhos Municipais da Juventude.conselho-da-juventude

 O secretário de Governo, Henrique Tibúrcio, fará a abertura do evento. O superintendente da Juventude, Leonardo Felipe, ministrará palestra com o tema: Políticas de Gestão no Âmbito da Juventude. O presidente do Conselho Estadual da Juventude (Conjuve), Eduardo Oliveira, fará o esclarecimento de como funciona o Conjuve. Aava Santiago, que faz parte da equipe do Conselho da Juventude, fará uma explanação sobre o Índice de Vulnerabilidade Juvenil em Goiás (IVJ). O secretário Nacional da Juventude da Presidência da República, Gabriel Medina, confirmou sua participação.

1º Encontro de Gestores Municipais da Juventude

A Rede Estadual de Gestores Municipais de Políticas Públicas de Juventude, criada pelo Decreto Nº 7.381 de 27 de junho de 2011, tem como missão promover a interação e qualificação técnica, prática e teórica de gestores municipais responsáveis pelas políticas públicas de juventude. O 1º Encontro de Gestores Municipais da Juventude tem como objetivo promover a troca de informação entre os municípios, estimular a criatividade e a elaboração de políticas adequadas a cada realidade, garantindo canais de comunicação amplos e democráticos em cinco eixos: educação, saúde, cultura e esporte, assistência social e juventude.

Índice de Vulnerabilidade Juvenil

O Índice de vulnerabilidade Juvenil é uma medida que busca avaliar as condições de vida dos jovens e como eles chegam à fase adulta. O Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (IMB) analisa sete variáveis do IVJ: não incidência de gravidez entre adolescentes de 12 a 18 anos; renda; nível de instrução; taxa de frequência escolar; inserção no mercado de trabalho; atividade de estudo e/ou trabalho e violência sofrida. Os dados têm como fonte o Censo/IBGE de 2010 e a Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP).

Criação dos Conselhos Municipais de Juventude

Com o objetivo de promover a participação do jovem na elaboração de políticas públicas, o Governo de Goiás, através da Segov, vem incentivando a criação de Conselhos Municipais da Juventude. Não existe uma norma de padronização da composição dos conselhos. Alguns possuem o mesmo número de representantes do poder público e da sociedade civil, outros optaram por um terço e dois terços, respectivamente. Feito o diálogo com a sociedade, o passo seguinte é apresentar as propostas para o decreto ou lei que regulamentará a criação do Conselho. O decreto é assinado pelo prefeito ou governador e pode ser revogado numa gestão posterior.

A Secretaria de Estado de Governo (Segov), por meio da Superintendência da Juventude (Sujuv), promove o VII Encontro Estadual de Formação dos Conselhos Municipais de Juventude e o 1º Encontro de Gestores Municipais da Juventude, nesta sexta-feira, dia 24, às 14 horas, no Auditório do Gabinete Militar do 9º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Até o momento 90 prefeituras confirmaram presença. Dos 246 municípios goianos, 40 já criaram seus Conselhos Municipais da Juventude.

O secretário de Governo, Henrique Tibúrcio, fará a abertura do evento. O superintendente da Juventude, Leonardo Felipe, ministrará palestra com o tema: Políticas de Gestão no Âmbito da Juventude. O presidente do Conselho Estadual da Juventude (Conjuve), Eduardo Oliveira, fará o esclarecimento de como funciona o Conjuve. Aava Santiago, que faz parte da equipe do Conselho da Juventude, fará uma explanação sobre o Índice de Vulnerabilidade Juvenil em Goiás (IVJ). O secretário Nacional da Juventude da Presidência da República, Gabriel Medina, confirmou sua participação.

1º Encontro de Gestores Municipais da Juventude

A Rede Estadual de Gestores Municipais de Políticas Públicas de Juventude, criada pelo Decreto Nº 7.381 de 27 de junho de 2011, tem como missão promover a interação e qualificação técnica, prática e teórica de gestores municipais responsáveis pelas políticas públicas de juventude. O 1º Encontro de Gestores Municipais da Juventude tem como objetivo promover a troca de informação entre os municípios, estimular a criatividade e a elaboração de políticas adequadas a cada realidade, garantindo canais de comunicação amplos e democráticos em cinco eixos: educação, saúde, cultura e esporte, assistência social e juventude.

Índice de Vulnerabilidade Juvenil

O Índice de vulnerabilidade Juvenil é uma medida que busca avaliar as condições de vida dos jovens e como eles chegam à fase adulta. O Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (IMB) analisa sete variáveis do IVJ: não incidência de gravidez entre adolescentes de 12 a 18 anos; renda; nível de instrução; taxa de frequência escolar; inserção no mercado de trabalho; atividade de estudo e/ou trabalho e violência sofrida. Os dados têm como fonte o Censo/IBGE de 2010 e a Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP).

Criação dos Conselhos Municipais de Juventude

Com o objetivo de promover a participação do jovem na elaboração de políticas públicas, o Governo de Goiás, através da Segov, vem incentivando a criação de Conselhos Municipais da Juventude. Não existe uma norma de padronização da composição dos conselhos. Alguns possuem o mesmo número de representantes do poder público e da sociedade civil, outros optaram por um terço e dois terços, respectivamente. Feito o diálogo com a sociedade, o passo seguinte é apresentar as propostas para o decreto ou lei que regulamentará a criação do Conselho. O decreto é assinado pelo prefeito ou governador e pode ser revogado numa gestão posterior.

Mais informações: (62) 3201-5650A Secretaria de Estado de Governo (Segov), por meio da Superintendência da Juventude (Sujuv), promove o VII Encontro Estadual de Formação dos Conselhos Municipais de Juventude e o 1º Encontro de Gestores Municipais da Juventude, nesta sexta-feira, dia 24, às 14 horas, no Auditório do Gabinete Militar do 9º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Até o momento 90 prefeituras confirmaram presença. Dos 246 municípios goianos, 40 já criaram seus Conselhos Municipais da Juventude.

O secretário de Governo, Henrique Tibúrcio, fará a abertura do evento. O superintendente da Juventude, Leonardo Felipe, ministrará palestra com o tema: Políticas de Gestão no Âmbito da Juventude. O presidente do Conselho Estadual da Juventude (Conjuve), Eduardo Oliveira, fará o esclarecimento de como funciona o Conjuve. Aava Santiago, que faz parte da equipe do Conselho da Juventude, fará uma explanação sobre o Índice de Vulnerabilidade Juvenil em Goiás (IVJ). O secretário Nacional da Juventude da Presidência da República, Gabriel Medina, confirmou sua participação.

 1º Encontro de Gestores Municipais da Juventude

A Rede Estadual de Gestores Municipais de Políticas Públicas de Juventude, criada pelo Decreto Nº 7.381 de 27 de junho de 2011, tem como missão promover a interação e qualificação técnica, prática e teórica de gestores municipais responsáveis pelas políticas públicas de juventude. O 1º Encontro de Gestores Municipais da Juventude tem como objetivo promover a troca de informação entre os municípios, estimular a criatividade e a elaboração de políticas adequadas a cada realidade, garantindo canais de comunicação amplos e democráticos em cinco eixos: educação, saúde, cultura e esporte, assistência social e juventude.

 Índice de Vulnerabilidade Juvenil

O Índice de vulnerabilidade Juvenil é uma medida que busca avaliar as condições de vida dos jovens e como eles chegam à fase adulta. O Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (IMB) analisa sete variáveis do IVJ: não incidência de gravidez entre adolescentes de 12 a 18 anos; renda; nível de instrução; taxa de frequência escolar; inserção no mercado de trabalho; atividade de estudo e/ou trabalho e violência sofrida. Os dados têm como fonte o Censo/IBGE de 2010 e a Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP).

 Criação dos Conselhos Municipais de Juventude

Com o objetivo de promover a participação do jovem na elaboração de políticas públicas, o Governo de Goiás, através da Segov, vem incentivando a criação de Conselhos Municipais da Juventude. Não existe uma norma de padronização da composição dos conselhos. Alguns possuem o mesmo número de representantes do poder público e da sociedade civil, outros optaram por um terço e dois terços, respectivamente. Feito o diálogo com a sociedade, o passo seguinte é apresentar as propostas para o decreto ou lei que regulamentará a criação do Conselho. O decreto é assinado pelo prefeito ou governador e pode ser revogado numa gestão posterior.

 

criação de site