Qualidade do ar em Goiânia está inadequada

0
188

A Secretaria do Meio Ambiente e Cidades (Secima) divulgou os últimos resultados do monitoramento da qualidade do ar. A medição, feita por meio da amostragem de partículas totais em suspensão, apontou que o ar em Goiânia é considerado inadequado. A classificação da qualidade do ar é considerada inadequada quando o índice varia entre 121 e 375 µg/m3 (microgramas de partículas sólidas por metro cúbico de ar), conforme os padrões de qualidade do ar estabelecidos pelo Decreto Estadual n° 1.745/1.979. Na Praça do Trabalhador chegou a 158 e na Praça Cívica, 137.

Classificação Indicadores

Os dados foram colhidos nos dias 15 e 16 deste mês em dois pontos diferentes na capital: Praça do Trabalhador e Praça Cívica. Comparando ao levantamento anterior, feito nos dias 8 e 9 de setembro, houve uma piora na qualidade do ar, passando da classificação de regular para inadequado.

Praça do Trabalhador – Goiânia
• Período da amostragem: 08/09/2016 a 09/09/2016
Resultado: 97 microgramas por metro cúbico
Classificação: Regular

• Período de amostragem: 15/09/2016 a 16/09/2016
Resultado: 158 microgramas por metro cúbico
Classificação: Inadequada

Praça Cívica – Goiânia
• Período da amostragem: 08/09/2016 a 09/09/2016
Resultado: 82 microgramas por metro cúbico
Classificação: Regular

• Período da amostragem: 15/09/2016 a 16/09/2016
Resultado: 137 microgramas por metro cúbico
Classificação: Inadequada

goiania-mantovani-fernandes