Região metropolitana cogita fechar comércio para conter contaminação de Covid-19

0
198

Prefeitos estudam fechamento de comércio considerado não essencial

Os prefeitos de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), se reuniram na tarde desta sexta-feira, 26, com o governador Ronaldo Caiado (DEM), no Palácio das Esmeraldas, para debater medidas necessárias para contenção da contaminação de Covid-19 na região metropolitana.

Após reunião no Palácio, o governador e os prefeitos seguiram para o Paço Municipal, onde se reunem com prefeitos e representantes da Região Metropolitana. A ideia é adotar medidas em conjunto para combate à pandemia. Eles devem fazer o anúncio oficial sobre as medidas a serem adotadas após término da reunião.

Além dos prefeitos de Aparecida e Goiânia, estão presentes representantes de Aragoiânia, Abadia de Goiás, Bela Vista, Bonfinópolis, Brazabantes, Caldazinha, Goianápolis, Goianira, Hidrolândia, Nerópolis, Nova Veneza, Santo Antônio de Goiás, Senador Canedo, Terezópolis e Trindade

Durante live publicada na noite de quinta-feira, 25, Mendanha afirmou que estuda possibilidade de fechamento da cidade. Ambos os prefeitos estudam a possibilidade de pelo menos sete dias de funcionamento apenas de serviços essenciais, como supermercados e farmácias.

As medidas visam conter o rápido avanço da doença na região metropolitana, que ocasionou taxas de ocupação acima dos 80% em Goiânia e Aparecida e próximo aos 95% em todo o estado.

 

fonte: Jornal Opção

criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui