Home / Cidades / Suspeitos de espancar adolescente torcedor do Vila Nova são de torcida organizada do Goiás

Suspeitos de espancar adolescente torcedor do Vila Nova são de torcida organizada do Goiás

A Polícia Civil identificou três suspeitos de agredir a pauladas um torcedor do Vila Nova de 17 anos, em Goiânia. Segundo o delegado Izaias Pinheiro, responsável pelo caso, eles participam de torcida organizada do Goiás Esporte Clube. Um deles se trata de um comerciante de 23 anos e prestou depoimento nesta quarta-feira (7).

“Ele confirmou tudo, disse que eles estavam bêbados em um bar e, quando passou a turma do Vila, eles se juntaram, pegaram os porretes e foram atrás deles”, relatou o delegado ao G1.

Câmeras de segurança registraram a agressão do adolescente, que aconteceu às 17h25 da última sexta-feira (2), no Setor Nova Vila, horas antes do time entrar em campo para enfrentar o Paysandu, no Estádio Serra Dourada, pela Série B do Campeonato Brasileiro. O vídeo ainda mostra que os criminosos rasgaram a camiseta do garoto.

O adolescente está internado em estado gravíssimo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Segundo boletim médico divulgado às 17h30, ele está sedado.

Conforme o pai do adolescente, o filho não integrava a torcida organizada do Vila Nova. Ele afirmou ainda que pedia para o filho não frequentar os estádios por medo da violência.

O Vila Nova afirmou que o clube não se pronuncia sobre agressões de torcedores. O Goiás informou que também não se posicionará sobre o caso, pois a agressão não ocorreu nas dependências do clube. A direção esmeraldina declarou ainda que confia nas autoridades policiais e espera a devida punição dos culpados.

Investigação

Desde o registro do caso, o delegado disse não ter dúvidas de que o motivo da agressão era a rixa entre as torcidas do Goiás e do Vila Nova. “É briga de torcida [o motivo]. Não precisa nem do outro time estar jogando para ter essa confusão. Levantamos que quatro carros ficaram na região à espera dos torcedores do Vila que passariam por ali. Agiram de forma premeditada”, afirmou.

Conforme o investigador, o comerciante que já prestou depoimento é o homem que aparece na imagem pegando a carteira do adolescente. O advogado dos outros dois envolvidos afirmou à polícia que os levará à delegacia para que prestem os devidos esclarecimentos.

“Agora é preciso identificar a conduta de cada um no momento da confusão”, disse o delegado.

O investigador acredita que os agressores só não mataram a vítima porque perceberam que uma equipe da Polícia Militar estava nas redondezas. “Trato o caso como tentativa de homicídio. Eles só não mataram o rapaz porque uma viatura da PM estava nas proximidades, tomou ciência do fato e ligou a sirene. Nesse momento, eles acabaram fugindo”, declarou.

Vídeo mostra quando torcedor do Vila Nova é espancado em Goiânia

Vídeo mostra quando torcedor do Vila Nova é espancado em Goiânia

Comentários

Comentários

Rolar para o Top