“Ter respeito no trânsito é ter respeito à vida”, diz Lincoln Tejota sobre o Movimento Maio Amarelo

0
90

Para o vice-governador, em relação ao trânsito o melhor caminho é o da conscientização. E afirma que “são medidas administrativas de resgate dos compromissos feitos com a população”

O vice-governador Lincoln Tejota afirma que “ter consciência no trânsito é garantia de vida para condutores e pedestres”. Ele acompanhou o governador Ronaldo Caiado durante o lançamento do Movimento Maio Amarelo 2019, coordenado pelo Departamento de Trânsito (Detran) e com o propósito de reduzir os acidentes de trânsito em todo o Estado. A solenidade ocorreu na sede do órgão, na manhã desta terça-feira (30).

Na ocasião o governador e o vice-governador também assinaram ordens de serviço para a criação da Escola Pública de Trânsito de Goiás (EPT-GO) e do Grupo de Ação e Respostas Rápidas (Garra)/Motorresgate. Ao falar das iniciativas, Lincoln Tejota ressaltou que o objetivo do governo “é evidenciar a vida e trabalhar com a consciência das pessoas, isso porque todo mundo é pedestre”, enfatizou.

O Movimento Maio Amarelo, iniciado em 2011, visa chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo, com ações educativas e debates sobre segurança viária. Nesse mês, o Detran, que desenvolve atividades de fiscalização e educação para o trânsito durante todo o ano, intensificará suas ações nesse sentido, envolvendo parceiros públicos e privados.

Acidentes
Sobre o movimento, o vice-governador afirma que é dever do Estado criar ações para diminuir a quantidade de acidentes e mostrar resultados efetivos. E lembra que, por ano, mais de 44 mil pessoas morrem vítimas de acidentes automobilísticos no Brasil. Em Goiás, 7.350 pessoas morreram pelo mesmo motivo de 2014 a 2017.

Para Lincoln, em relação ao trânsito o melhor caminho é o da conscientização. E elogiou a criação da Escola Pública de Trânsito, que funcionará no Centro de Atendimento ao Candidato, no Autódromo de Goiânia, promovendo a capacitação e o aperfeiçoamento de cidadãos e profissionais do trânsito, como condutores, instrutores, examinadores, agentes de ensino de Centros de Formação de Condutores, médicos, psicólogos e despachantes.

Agilidade no resgate
Outra iniciativa do governo de Goiás, também lançada nesta terça-feira, é a criação do Grupo de Ação e Respostas Rápidas (Garra), que vai contribuir para aumentar as chances de sobrevivência de vítimas de sinistros. De acordo com o vice-governador, a partir de maio as equipes de motorresgate do Corpo de Bombeiros atuarão na Região Metropolitana de Goiânia, em motocicletas, para realizar salvamentos de forma mais rápida.

O serviço diminuirá o tempo de resposta das equipes e oferecerá apoio em ocorrências de difícil acesso devido ao trânsito cada vez mais intenso. O Garra atuará, ainda, como batedores para deslocamento de viaturas de emergência. “São medidas administrativas de resgate dos compromissos feitos por este governo com a população”, finaliza o vice-governador.

O Movimento Maio Amarelo 2019 é uma iniciativa do governo de Goiás, por meio do Detran, em parceria com as polícias Rodoviária Federal e Militar. Na ocasião do lançamento, estavam presente o inspetor Álvaro de Resende Filho, superintendente da PRF em Goiás, e o Comandante-Geral da PM, coronel Renato Brum. Também o comandante-Geral do Corpo de Bombeiros Militar, Coronel Dewislon Adelino Mateus, acompanhou a solenidade, além de auxiliares de governo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui