Home / + Goias / Zé Eliton diz que dará prosseguimento às parcerias

Zé Eliton diz que dará prosseguimento às parcerias

O vice-governador Zé Eliton esteve na manhã de ontem, em Valparaíso de Goiás, onde acompanhou o governador Marconi Perillo em vistoria às obras de construção do Sistema Produtor Corumbá IV. “Neste empreendimento temos um grande exemplo de que esforços conjuntos resolvem demandas da sociedade”, disse, ao lembrar, também, das parcerias com as prefeituras, por meio do Goiás na Frente, que seguirão a partir de abril, quando assumirá o governo.

A vistoria das obras, realizada pelo governador Marconi e pelo vice, Zé Eliton, foi acompanhada pelos ministros das Cidades, Alexandre Baldy, Secretário Geral da Presidência da República, Moreira Franco, e do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, secretária Cidadã, Lêda Borges, além do prefeito de Valparaíso, Pábio Mossoró, presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM), Paulinho (prefeito de Hidrolândia), e prefeitos vizinhos.

O empreendimento, fruto de parceria entre os dois governos, visa a solução definitiva para a segurança hídrica do DF e municípios goianos nos próximos 30 anos. A estimativa é que o sistema custe R$ 540 milhões aos cofres das duas unidades da federação.

Ao relatar que, em breve, retornará a Valparaíso para inaugurar o empreendimento, Zé Eliton ressaltou que Goiás vive um cenário virtuoso de progresso e desenvolvimento. “Até o dia 30 de junho o governador Marconi e eu percorreremos os quatro cantos do estado, inaugurando obras de grande relevância para a população”, pontuou.

Por fim, Zé Eliton falou do compromisso de Goiás em aprofundar parcerias em prol da sociedade, o que fará com que o Centro-Oeste permaneça como celeiro de obras do Brasil. Fala corroborada por Rollemberg, que enfatizou a vontade de estabelecer esforços conjuntos entre as duas unidades da federação a partir de abril, quando Zé Eliton será governador de Goiás, após desincompatibilização do governador Marconi.

Ainda sobre os esforços conjuntos, o governador Marconi Perillo ressaltou a importância da permanência da união dos governos. “Estou no final do meu mandato, pois em breve passo a gestão para o competente vice-governador Zé Eliton, que assumirá o estado e dará sequência às obras. Nosso nome é trabalho”, disse.

Corumbá IV

Com fornecimento de até 5,6 mil litros por segundo, a obra vai ampliar em 70% a capacidade de abastecimento da capital do país. No Distrito Federal, os moradores de Gama, Santa Maria e Recanto das Emas serão beneficiados. Já em Goiás, os municípios abastecidos serão Cidade Ocidental, Luziânia, Novo Gama e Valparaíso.

A estimativa é de que as obras sejam finalizadas em agosto de 2018 e que a água seja distribuída para a população até dezembro. Zé Eliton lembra que, com a construção do Sistema Corumbá, cerca de 1,3 milhão de habitantes serão beneficiados nas duas unidades federativas.

Em Goiás, por meio da Saneago, as obras consistem na construção de uma adutora de 28 quilômetros de extensão que vai captar água do Lago Corumbá 4, em Luziânia, e levar para Valparaíso, além de estação elevatória bruta, estação de tratamento de água, linhas de transmissão elétrica para alimentar a captação, subestação elétrica e equipamentos complementares.

Esforços

O andamento da obra contou com o empenho do vice-governador que, em janeiro de 2017, participou, em Brasília, de audiência com o então ministro da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União, Torquato Jardim, ocasião em que foram discutidas importantes questões para a conclusão das obras do Sistema de Abastecimento de Água Corumbá.

Também estiveram presentes o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, o presidente da Saneago, Jalles Fontoura, o presidente da Caesb, Maurício Luduvice, entre outras autoridades.

Comentários

Comentários

Rolar para o Top