A irritação de Lula com o tal ‘mercado’

0
21

O presidente não tem ilusões: diante de seus planos de combater as desigualdades, a união nacional pós terrorismo bolsonarista não irá durar.

Luiz Inácio Lula da Silva está irritado. E não é só com aqueles policiais e militares que, para ele, foram coniventes com a insurreição bolsonarista em Brasília. Seus planos para o governo enfrentam má vontade do tal ‘mercado’.

Um ente abstrato que faz a bolsa cair e o dólar subir sempre que lulistas falam em botar mais dinheiro público na praça, mas que não teve a mesma reação após o “Capitólio brasileiro”.

“Eu às vezes fico muito, mas muito irritado, e peço desculpas pras pessoas porque fico irritado, [mas] o mercado não tem coração, não tem sensibilidade, não tem humanismo, não tem nada de solidariedade”, disse o presidente em um café da manhã com jornalistas nesta quinta-feira 12, no Palácio do Planalto.

Ele respondia a uma pergunta de CartaCapital sobre como pretende levar adiante um compromisso assumido na posse.

Carta Capital

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui