Após assembleia, Feira Hippie segue suspensa no fim de semana em sinal de protesto

0
45

Novamente em sinal de protesto, a Feira Hippie não funcionará neste sábado (1º) e domingo (2). Após assembleia na manhã desta sexta-feira (31), os feirantes decidiram por manter a feira suspensa. O motivo do protesto é por não haver autorização da Prefeitura de Goiânia para que a Feira Hippie funcione às sextas-feiras, em razão da pandemia. “Não vai ter feira, foi decidido em assembleia.

O pessoal não conforma de montar sábado e domingo e perder a sexta-feira que é 50% das nossas vendas no atacado. Isso é um protesto, porque não faz sentido montar sábado e domingo para acumular mais dívidas”, afirma o presidente da Associação da Feira Hippie, Waldivino da Silva. De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Sedetec), Walison Moreira, o funcionamento da Feira Hippie às sextas-feiras geraria muita aglomeração e risco de contaminação e, por lei, a feira só possui autorização para funcionar aos sábados e domingos. “Sexta-feira não é o dia da feira funcionar.

A feira começou a funcionar no domingo, aí os feirantes conquistaram, no passado, em 2016, o direito de trabalharem também aos sábados. Há um ano, encerrou um acordo, acordo frágil, para que os feirantes pudessem trabalhar na sexta-feira até que a obra de revitalização da Praça do Trabalhador começasse. Então, há mais de um ano, os feirantes não poderiam trabalhar na sexta-feira, e mesmo assim estavam trabalhando.

A Prefeitura não pode tolerar nesse momento a montagem da feira em um dia em que a feira não pode funcionar, e principalmente em um momento de pandemia”, afirma.

Fonte: Sagres Online.

criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui