Bolsonaro repudia ofensas racistas sofridas por entregador de aplicativo

0
42

O presidente Jair Bolsonaro disse que a “miscigenação é uma marca do Brasil”

O presidente Jair Bolsonaro repudiou, nesta sexta-feira (7/8), as ofensas racistas feitas por um homem contra um entregador por aplicativo, em Valinhos, região metropolitana de Campinas (SP). O vídeo com os ataques viralizaram na internet.

“Independentemente das circunstâncias que levaram ao ocorrido, atitudes como esta devem ser totalmente repudiadas. A miscigenação é uma marca do Brasil. Ninguém é melhor do que ninguém por conta de sua cor, crença, classe social ou opção sexual”, escreveu o presidente em sua página no Facebook.

Bolsonaro acrescentou que deseja que atos desse tipo não se repitam. “Que a indignação dos brasileiros sirva de lição para que atos como esse não se repitam. Todos somos iguais! Embora alguns trabalhem para nos dividir, somos um só povo! Meus votos de solidariedade e sucesso ao entregador Matheus, bem como a toda sua família. Deus os abençoe!”, concluiu na mensagem.

No vídeo com a cena comentado pelo presidente, é possível ver um homem branco, morador de um condomínio fechado, discutindo com o entregador, chamado Matheus Pires. O homem dispara para o entregador ofensas como “lixo” e “semianalfabeto”. Em certo ponto, ele chega a apontar para a própria pele e falar que o entregador negro tem inveja dele.

As imagens foram feitas por um morador de um condomínio de luxo em Valinhos, região metropolitana de Campinas (SP) e ocorreu em 31 de julho. Na noite desta quinta-feira (6/8), a mãe de Matheus compartilhou o vídeo nas redes sociais, fazendo com que o filho recebesse solidariedade de milhares de internautas. Um boletim de ocorrência foi feito.

criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui