Caiado anuncia projeto voltado para crianças vítimas de violência | Projeto Família Acolhedora

0
61

O governador Ronaldo Caiado anunciou que pretende criar programa para acolher crianças vítimas de violência, maus tratos ou estupro dentro da própria casa. O programa será desenvolvido pela nova secretária de Desenvolvimento Social, a ex-senadora Lúcia Vânia Abrão, que acaba de tomar posse. Ele informou que o “Projeto Família Acolhedora” deve ser enviado para Assembleia em breve e pretende oferecer um salário mínimo para vítimas de violência. A primeira-dama, Gracinha Caiado, presidente do grupo técnico social de Goiás, recebeu muitos elogios.

De acordo com o governador, a ideia para o projeto veio de estudos sobre o índice multidimensional de carência das famílias goianas, preparado pela primeira- dama Gracinha e técnicos da área social. “Goiás perdeu oito posições nos últimos dez anos. Atualmente é um dos Estados com maior número de estupros, especialmente vulneráveis”, comentou.

O governador detalhou que “a criança violentada é vítima em quase 60% dos casos em sua própria casa e que depois que aquele fato é reconhecido e noticiado, a criança acaba voltando para o lugar onde aconteceu o ato de violência”. Ele lembrou ainda que, em quatro meses, devido a uma operação das polícias Civil e Militar foram presos 151 estupradores no Estado, sendo que somente um deles, pelo banco genético, já tem 21 casos.

Sobre o convite à Lúcia Vânia para compor seu secretariado, o governador destacou a experiência da ex-senadora e brincou com seu perfil “briguento”. “É uma alegria enorme tê-la em nosso governo. Cada secretário meu tem luz própria e autonomia para decidir. Apenas faço parte desse processo”, disse. “É uma pessoa que tem qualificações para poder responder por uma secretaria que é o um dos grandes desafios hoje para o Estado de Goiás”, ressaltou Caiado.

A nova secretária de desenvolvimento social, Lúcia Vânia disse que vai assumir a secretaria, sob coordenação da primeira-dama Gracinha, com o objetivo de vincula-la à educação. “Nosso trabalhar será no sentido de integrar enormemente assistência e educação, porque precisamos dar uma porta de saída para a população”, afirmou Lúcia Vânia.  “Assumo essa responsabilidade que me foi delegada pelo governador e pela primeira dama Gracinha. Todos muito disponíveis para colaborar com o sucesso de nossa gestão”, disse.

Lúcia Vânia disse que o governo goiano será conhecido por ser vanguardista em políticas sociais. “ Vamos mostrar que com criatividade, disciplina seremos capazes de integrar esses jovens à sociedade. É possível sim recuperar essas crianças”, finalizou.

Mudanças no secretariado

Marcos Cabral, antigo titular do Desenvolvimento Social, assume o comando da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego). Pedro Sales, que estava na Codego, vai para a Goinfra. Por fim, Ênio Caiado toma possa na Goiás Parcerias, substituindo o interino Heitor Camargo.

criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui