CPI da Petrobras deve questionar encontro entre Lula e delator

0
252

O encontro entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, em 2006, deve ser questionado pela CPI da Petrobras a pedido da oposição.paulo-roberto-costa-lula

De acordo com o primeiro vice-presidente da Comissão, deputado Antonio Imbassahy (PSDB/BA), um requerimento pedido explicações do Palácio do Planalto e da Petrobras deve ser apresentado hoje. O documento ainda terá de ser votado pelos membros da CPI. “É razoável pensar que esse encontro foi um passo decisivo para a compra da refinaria. Não é algo que se compra todos os dias. Por isso acredito que todos terão interesse nessas explicações, governo e oposição”, afirmou. “Acredito que a Petrobras e o Planalto têm obrigação de detalhar essa agenda e também o que foi discutido”, concluiu.

Auditoria interna feita pela petroleira para apurar as circunstâncias da polêmica aquisição da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), mostra que o ex-presidente Lula e Paulo Roberto Costa se reuniram dias antes do negócio ser aprovado.

Segundo a reportagem, serviu de subsídio para a comissão interna da Petrobras que investigou a negociação. O relatório listaria as viagens feitas por diretores e executivos da estatal, no Brasil e no exterior, para tratar do negócio.

O encontro entre Paulo Roberto e Lula ocorreu em 31 de janeiro de 2006. A compra de Pasadena foi aprovada pelo Conselho de Administração da Petrobras em reunião realizada em 3 de fevereiro daquele ano.

criação de site