Expectativas são positivas para a construção civil em 2020 no Brasil

0
98
SAO PAULO 20 ABRIL 2012. OPERARIOS DA GAFISA EM OBRA DO EDIFICIO STELATO NO BAIRRO DE STO AMARO.

Engenheiro civil e empresário do setor da comunicação visual, explica sobre as principais regras de sinalização segundo as normas regulamentadoras 

O segmento da construção civil apesar de ser um dos mais promissores, não registra significativos avanços desde 2014, esse é um dado da análise do presidente da CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção), José Carlos Martins.

De acordo com a entidade, em 2019 houve avanço de 2% em comparação aos anos anteriores consecutivos de queda. Segundo Martins, em um cenário em que a inflação se apresenta de maneira controlada e em que a taxa básica de juros se encontra no menor patamar da história (4,5% ao ano), espera-se que em 2020 o segmento registre crescimento de pelo menos 3%.

Martins ressalta que não há nenhum setor da economia que não dependa de infraestrutura e com taxa de juros baixa, economia estável e segurança jurídica, o ambiente e o cenário se mostram favoráveis ao investimento na construção.

Ralph Chezzi, engenheiro civil e responsável pela Bump Comunicação Visual, uma das mais importantes empresas que prestam serviço ao segmento da construção civil, conta sobre os cuidados que se deve ter com a sinalização na construção civil:

“Há uma série de regras e regulamentações quanto à sinalização no ramo da construção civil, atender a esses requisitos é fundamental para garantir a idoneidade do projeto e, claro, o bem-estar e segurança de todos os envolvidos”.

Normas regulamentadoras fundamentais quando o assunto é sinalização na construção civil

Uma das normas regulamentadoras que precisam ser seguidas é a NR 26, responsável pela padronização de cores que devem ser utilizadas em toda a sinalização no ambiente, de maneira que seja claramente compreendida por todos.

Além dessa norma, outra importante regulamentação é a NR 18, que no parágrafo 27 trata especificamente sobre a sinalização de segurança. Dentre as principais orientações quanto aos objetivos da sinalização no canteiro de obras, estão:

  • Promover a indicação das saídas por meio de dizeres ou setas;
  • Propiciar a comunicação por meio de avisos, cartazes ou similares;
  • Advertir quanto ao perigo do contato ou acionamento acidental de partes móveis de máquinas e equipamentos;
  • Alertar sobre o risco de queda;
  • Alertar sobre a obrigatoriedade da utilização dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), por meio da sinalização e advertência próximas ao local de trabalho;
  • Promover o alerta quando ao isolamento das áreas de transporte e circulação de materiais por grua, guincho e guindaste;
  • Identificar os locais com substâncias tóxicas, corrosivas, inflamáveis, explosivas e radioativas;
  • Advertir contra o risco da passagem de trabalhadores em que o pé-direito for inferior a 1,80 m (um metro e oitenta centímetros);
  • Entre outras.
Segundo Chezzi, outro ponto fundamental presente na NR 18 é referente ao treinamento que deve ser direcionado a todas as pessoas que trabalharão no ambiente:

“O foco desses treinamentos é garantir a correta execução do trabalho e principalmente a segurança de toda a equipe. Todas as informações referentes ao trabalho, assim como possíveis riscos, como risco de queda, por exemplo, precisam ser claramente especificados à equipe antes do trabalho no local.”

A sinalização na construção civil, representada por placas, apresenta mensagens, como:

  • Atenção: olhe onde pisa;
  • Atenção: área de trânsito caminhões;
  • Perigo: elevador carga máxima 600 kg;
  • Perigo: risco de queda de objetos;
  • Segurança: uso obrigatório de capacete;
  • Segurança: uso obrigatório de óculos de proteção;
  • Entre outras.
Além das placas de atenção, proibição e segurança, há também outras importantes sinalizações na construção civil como a orientação de coleta seletiva de materiais, orientação quanto a comportamentos que se esperam no local, sinalização com foco na preservação da higiene nos locais, etc.

A sinalização na construção civil precisa ser devidamente planejada logo na concepção do projeto, afinal, o descumprimento das regras, pode, inclusive, impedir a continuidade do trabalho no canteiro de obras.

“Nesse segmento tão promissor para a economia brasileira é preciso se atentar a todos os cuidados imprescindíveis quanto à sinalização, que deve ser pensada de maneira estratégica, de forma que a qualidade dos materiais e da empresa de comunicação visual seja inquestionável”, conclui o engenheiro civil.

criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui