Ex-prefeito de Planaltina preso por suspeita de fraude

0
55

Após deflagração da Operação Chorume, pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO), o ex-prefeito de Planaltina de Goiás David Lima foi preso na manhã desta quarta-feira, 18, por suspeita de fraude. O objetivo da operação é desmontar associação criminosa na cidade.

Além dele, o empresário e ex-chefe de gabinete de David Lima, André Luiz Teixeira Kleber, e a procuradora-jurídica de Planaltina e esposa de André, Anelise de Paula Batista, foram alvos dos mandados de prisão.

A ordem era para seis mandados de prisão temporária e dois de prisão preventiva. De acordo com as investigações, o grupo agia com esquema ilícito de contratação ilegal de pessoas jurídicas para prestações de serviços de coleta de lixo e limpeza urbana.

Isso era feito, segundo o MP-GO, com dispensa de licitação e contava com o envolvimento de agentes públicos e empresários. O objetivo seria desviar dinheiro público. A investigação estima que o prejuízo aos cofres públicos tenham totalizado R$ 1.491.060.

É preciso lembrar que em 2017 David Lima e a vice-prefeita Maira Aparecida dos Santos tiveram os mandatos cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e estão inelegíveis por oito anos. Ambos são acusados de terem feito troca de favores para conseguir votos na eleição de 2016.

criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui