Goiânia recebe menos 4 mil doses de vacina contra a Covid-19 por falha em envasamento de frascos

0
97

Secretário de Estado de Saúde solicita aos municípios que repassem a quantidade de perdas à SES-GO, para que seja solicitada reposição ao Ministério da Saúde

Em reunião online realizada na manhã desta quinta-feira, 8, a presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado de Goiás (Cosems-GO), Verônica Savatim, alertou para as perdas de vacina que estão ocorrendo no estado, por falta de doses o suficiente nos frascos recebidos pelo Ministério da Saúde (MS). No encontro, gestores municipais e o governador do Estado de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), discutiram sobre a atualização de dados da aplicação do imunizante contra a doença.

Cada frasco de vacina entregue deveria vir com 10 doses do imunizante, entretanto, o que foi identificado é que alguns estão vindo com doses a menos. Segundo Verônica, foi reportado que determinados frascos vieram com uma quantidade de apenas sete a nove doses.

De acordo com o secretário Municipal de Saúde de Goiânia, Durval Pedroso, a capital goiana, até o momento, teve perda de 4 mil e 16 doses, pelo envasamento de frascos com doses a menos que o ideal.

O pedido, portanto, é que os municípios repassem à Secretaria de Estado de Saúde de Goiás (SES-GO) os dados de doses perdidas em seus respectivos municípios, para que a secretaria possa solicitar reposição ao Ministério da Saúde. O secretário de Estado de Saúde, Ismael Alexandrino, explicou o fato será metido à Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), para que além da reposição, as próximas doses sejam envasadas com maior qualidade.

Até o momento, os municípios só registraram perda em doses da Coronavac, vacina distribuída pelo Instituto Butantan.

criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui