Homem denuncia que perdeu R$ 7,8 mil em leilão de carros em site falso do Detran-GO

0
49

Departamento de Trânsito disse que já pediu a retirada do site falso do ar à Polícia Civil.

Um morador de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, denunciou que foi vítima de um golpe em um site falso do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO). Segundo a vítima, que preferiu não ter a identidade divulgada, os golpistas levaram pouco mais de R$ 7,8 mil.

O Detran-GO informou à TV Anhanguera que já pediu à Polícia Civil que remova o site falso do ar.

A vítima contou que vinha juntando dinheiro para comprar o primeiro carro e procurou um leilão do Detran-GO. Acreditando da veracidade do portal que encontrou, ele conseguiu arrematar o veículo que procurava, no último dia 3 de julho.

“Entrei no site achando que era confiável porque estava no nome do Detran, tinha o símbolo do Detran. Entrei lá, achei o carro, fiquei olhando ele, esperando finalizar os dias dos lances. Quando chegou o dia, faltando alguns minutos, eu dei o lance e fui contemplado”, explicou.

Carro que a vítima acreditava estar comprando em falso leilão do Detran — Foto: Reprodução TV Anhanguera

Carro que a vítima acreditava estar comprando em falso leilão do Detran — Foto: Reprodução TV Anhanguera

A vítima contou que recebeu uma mensagem informando que receberia o documento oficializando a venda por e-mail.

Com a chegada do falso contrato de venda, ela pagou o valor combinado e marcou de buscar o veículo no dia seguinte, em um endereço de Aparecida de Goiânia. No entanto, chegando ao local indicado, disse que encontrou apenas um pátio vazio.

“Nessa mesma hora, a gente se tocou de que havia sido enganado, que roubaram nosso dinheiro”, afirmou.

A vítima disse que tentou registrar o crime pelo portal da Polícia Civil, mas que o Boletim de Ocorrência não fora aceito porque trata-se de estelionato.

O crime, de acordo com o próprio portal da corporação, exige que a vítima marque um horário na delegacia mais próxima para comparecer presencialmente e registrar o caso.

Documento que a vítima recebeu formalizando o arremate falso — Foto: Reprodução TV Anhanguera

Documento que a vítima recebeu formalizando o arremate falso — Foto: Reprodução TV Anhanguera

criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui