Inep anuncia que Enem 2020 será adiado em até 60 dias

0
29

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou, nesta quarta-feira (20), que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020 será adiado.

De acordo com o órgão, que é responsável pela aplicação da prova, o exame acontecerá entre 30 e 60 dias depois das datas originais. A prova impressa aconteceria entre os dias em 1º e 8 de novembro e as digitais eram previstas para os dias 22 e 29 de novembro.

A decisão acontece menos de 24 horas depois do Senado aprovar o adiamento do Enem 2020. O ministro da Educação, Abraham Weintraub, se mostrou contrário à medida, mas, nos últimos dias, admitiu a possibilidade e disse que consultaria a sociedade.  “O MEC fará uma consulta, na última semana de junho, a todos os inscritos, através da ‘Página do Participante’, do Inep. Vamos manter a data? Adiar por 30 dias? Suspender até o fim da pandemia? O governo Jair Bolsonaro quer saber a opinião dos brasileiros! Democracia é isso!”, escreveu o ministro, também nesta terça-feira (19).

Leia, na íntegra, a nota divulgada pelo Inep:

Atento às demandas da sociedade e às manifestações do Poder Legislativo em função do impacto da pandemia do coronavírus no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) decidiram pelo adiamento da aplicação dos exames nas versões impressa e digital. As datas serão adiadas de 30 a 60 dias em relação ao que foi previsto nos editais.

Para tanto, o Inep promoverá uma enquete direcionada aos inscritos do Enem 2020, a ser realizada em junho, por meio da Página do Participante. As inscrições para o exame seguem abertas até as 23h59 desta sexta-feira, 22 de maio.

criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui