Jornalista Mané de Oliveira morre em Goiânia aos 80 anos

0
179

O ex-deputado estadual, jornalista e radialista esportivo Manoel José de Oliveira, o Mané de Oliveira, morreu aos 80 anos na madrugada deste sábado (13/02) em informação confirmada por familiares. Mané vinha lutando contra câncer no intestino, pulmão e fígado desde setembro do ano passado. Natural de Pires do Rio, ele deixa esposa 7 filhos e netos. O local e horário do velório ainda não foram definidos.

O velório está programado para começar às 11h no Ginásio de Campinas, no Setor Campinas, e o sepultamento será realizado às 19h, no Cemitério Jardim das Palmeiras.

História

Com 50 anos de profissão na área jornalística, Mané atuou profissionalmente nas seguintes rádios: “Difusora” e “Clube”, em Goiânia; e “Carajá”, em Anápolis em 1966; Trabalhou nos jornais: “Cinco de Março”, “Folha de Goiás” e como correspondente do “Diário da Manhã”. Em 1968, estagiou, por um ano, no jornal “Folha de Goiás”, por exigência sindical para inscrição no registro de jornalista.

Ao disputar novamente uma eleição para o Legislativo goiano, em 2014 pelo PSDB, tornou­-se o deputado estadual mais votado da história , 28 anos após se eleger pela primeira vez para a mesma função. Com a bandeira da Segurança Pública nas mãos, ele tem como principal meta fazer com que a justiça seja rigorosamente cumprida. O seu principal objetivo é colocar as mudanças das leis em pauta na Casa.

O assassinato do seu filho mais velho, o também cronista esportivo Valério Luiz de Oliveira, morto a tiros em 2012, foi o que o motivou a voltar para a vida pública.

criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui