Nova versão do aplicativo JTe permite acompanhamento da pauta de audiências pelo celular em tempo real

0
54

O aplicativo Justiça do Trabalho Eletrônica (JTe), adotado no Tribunal Regional do Trabalho de Goiás em 2018, recebeu novas atualizações este ano e agora também permite que o usuário possa acompanhar o andamento da pauta de audiências do dia pelo celular. Outra novidade é que os magistrados podem assinar documentos do PJe diretamente no aplicativo, recurso que vai agilizar ainda mais o andamento processual.

Desenvolvido pelo TRT da Bahia e adotado por toda a Justiça do Trabalho, o JTe permite ao usuário verificar movimentação de processos, acessar as pautas de audiências e sessões, pesquisar jurisprudência, ler notícias do TRT Goiás e verificar autenticidade de documentos – tudo pelo smartphone. O acesso ao sistema pode ser feito tanto pelo aplicativo instalado no celular como no modo web, acessível por computador e pelo smartphone.

O aplicativo oferece acesso à base judicial de todos os TRTs interligados no sistema, permitindo consulta e visualização do conteúdo dos processos do PJe em qualquer lugar do país. Para acessar recursos mais avançados do aplicativo, magistrados, servidores e advogados devem utilizar o mesmo usuário e a mesma senha da consulta pública do PJe. Os magistrados podem assinar documentos de forma digital no PJe, via aplicativo, a partir da utilização de QR Code e token, sem a necessidade do uso de certificado digital.

Pelo aplicativo, os advogados têm acesso a inúmeras funcionalidades vinculadas aos processos em que atuam, como o controle de prazos em aberto, a notificação de andamentos e despachos, além de notificação prévia ao início das audiências. Também é possível abrir um chat com advogado da parte contrária para negociar uma conciliação e elaborar termo de acordo em PDF de forma automática a partir da inserção de dados.

Integração com o sistema de audiências

Uma das mais recentes novidades do aplicativo é a integração do sistema AUD ao aplicativo JTe, que vai facilitar às partes o acompanhamento da pauta de audiências do dia (“Não apregoada”, “Em andamento”, “Suspensa” e “Finalizada”) pelo aparelho celular ou pela web. A integração foi necessária porque a plataforma de videoconferência Zoom, ferramenta oficial utilizada para audiências na Justiça do Trabalho, não integra o PJe ou o sistema AUD.

Antes dessa integração dos dois sistemas, as partes aguardavam o pregão nas salas virtuais, sem saberem o status da audiência anterior. Agora, basta baixar o aplicativo JTe e clicar na funcionalidade ‘estado da audiência’ para que o aplicativo passe a emitir notificações de todas as movimentações processuais, inclusive do início da audiência.

O aplicativo está disponível no formato web diretamente neste link https://jte.csjt.jus.br/ e pode ser baixado no smartphone nas lojas digitais Google Play e AppStore.

criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui