Presidente da Guarda Municipal de Goiânia pede demissão após polêmica com fotos íntimas

0
53
Presidente da Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Goiânia, o comandante José Eulálio Vieira pediu exoneração do cargo na tarde desta segunda-feira (7/10). O pedido, entregue ao prefeito Iris Rezende, foi aceito. No lugar de José Eulálio ficará Gilásio Athaíde Cavalcante Filho, chefe de gabinete da GCM. Ele acumulará as funções.
José Eulálio deixa o cargo após polêmica envolvendo um possível vazamento de fotos íntimas. No começo deste mês, ele registrou um boletim de ocorrência alegando que o atual presidente da Câmara de Goiânia, vereador Romário Policarpo, e o presidente do Sindicado dos Trabalhadores do Município de Goiânia (Sindigoiânia), Ronaldo Gonzaga dos Santos, estariam divulgando as imagens.
Segundo o boletim, Romário e Ronaldo estariam espalhando as fotos e afirmando que as imagens teriam sido encaminhadas por José Eulálio para uma servidora. Eulálio nega a acusação.
Por meio de nota, o vereador Romário Policarpo e o presidente Sindigoiânia afirmam que “sempre mantiveram postura de absoluta cordialidade e parceira institucional e profissional com o presidente da GCM, instituição a cujos quadros pertencem”.
“Não há quaisquer fatos ou elementos que liguem o presidente da Câmara de Goiânia e o presidente do Sindigoiânia ao alegado vazamento das imagens, o que restará comprovado na apresentação de suas defesas técnicas”, diz a nota.
criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui