Projeto que autoriza venda de ações da Saneago será votado nesta terça

0
283

Deve ser votado nesta terça-feira (5), na Assembleia Legislativa, projeto de lei que autoriza a venda de até 49% das ações da Saneago. O tema é polêmico. O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), declarou na última sexta-feira que a venda de ações não se trata de privatização da empresa, mas sim uma abertura de capitais que será revertida em investimentos na área de saneamento.

A deputada estadual Lêda Borges (PSDB) sugeriu a suspensão da matéria. Ela reclamou que falta a especificação dos tipos de ações (primárias e secundárias) e a destinação dos recursos de cada uma delas.

“Houve um consenso da base para que parte do recurso fosse direcionado em investimentos em saneamento básico, mas na emenda apresentada pela base colocaram apenas as ações primárias, elas já são para retornar em investimentos à Saneago. As ações secundárias ficaram de fora, não há especificação. O Estado está vendendo a Saneago, sem aplicar em saneamento”, argumentou a deputada.

O líder do governo, deputado Bruno Peixoto afirmou que há a garantia de no mínimo 30% com a venda das ações, em investimentos em Saneamento.

“Nós garantimos que no mínimo 30% sejam investidos em saneamento. E o governo poderá agir da maneira que entender necessário para melhoria de vida do povo goiano. Foi uma proposta dialogada com o governo que manterá o controle da empresa e não trará nenhum prejuízo ao servidor”. Quando se fala de primária é investido na empresa, em água e esgoto. De maneira nenhuma há a necessidade de especificação nas secundárias, a Comissão de Valores Imobiliários não determina a obrigatoriedade”, destacou o parlamentar.

O projeto tem chamado atenção da base do governo, de deputados de oposição e de funcionários da empresa que tem acompanhado os últimos dias de sessão. A matéria será a primeira a passar por apreciação na pauta do dia. O texto será analisado em primeira votação pelos deputados estaduais. Não cabe mais a apresentação de emendas.

Samuel Straioto

 

criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui