Taxa de positivos para Covid-19 sobe quase 5 vezes

0
174

Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), até o momento já foram testadas na capital 125.254 pessoas. Destas, 14.488 testaram positivo para a doença, o que representa um índice geral de 11,6%. No entanto, na última testagem, realizada na região sudoeste de Goiânia, a taxa de positivos para Covid-19 atingiu a marca mais alta desde o início das testagens. Com a porcentagem de 15,9% positivos, a taxa é mais do que o quádruplo do índice mais baixo registrado, de 3,6%, no mês de novembro. Desde o dia 05 de agosto de 2020, a Prefeitura de Goiânia vem realizando testagem ampliada da população para a Covid-19.

Ao todo, a prefeitura já realizou 25 rodadas de testes na Capital, sendo cinco em 2021. Somente podem realizar o teste – de antígeno e realizado com swab, espécie de haste flexível que coleta material no nariz – as pessoas acima de 12 anos de idade e que não tenham sintomas de Covid-19. A taxa de 15,9% registrada na testagem da região sudoeste da Capital vai ao encontro dos dados apresentados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO). Na sexta-feira (12), Goiás atingiu a marca de 370.069 casos confirmados da doença. Destes, são casos de óbito 7.915.

Vacinação

Segundo dados preliminares da Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO), divulgados na sexta-feira (12), foram aplicadas 164.444 doses das vacinas contra a Covid-19 em todo o Estado. Já de acordo com os dados inseridos no SI-PNI Covid-19, registrados na plataforma Localiza SUS, do Ministério da Saúde, e alimentada pelos municípios goianos, já foram aplicadas 98.487 doses do imunizante no Estado. Goiás já recebeu 356.280 doses de imunizante, sendo 290.780 da CoronaVac e 65.500 da AstraZeneca. Destas, foram distribuídas 300.698 doses, sendo 235.198 da CoronaVac e 65.500 da AstraZeneca.

Em Goiânia, os idosos com mais de 85 anos começaram a ser vacinados na quarta-feira (10). Para evitar aglomerações, a Secretaria Municipal de Saúde estratificou a população a ser vacinada por letras e disponibilizou nove locais de vacinação, sendo sete em escolas municipais – um em cada distrito e dois “drive-ins”: um na Área I da PUC e um no Passeio das Águas Shopping. Na quarta (10), foram vacinados os idosos com os nomes iniciados entre as letras “A” e “I”, na quinta-feira (11), entre as letras “J” e “M”, e na sexta-feira (12), entre as letras “N” e “Z”. Sobre os idosos acamados, estimados em 3 mil na Capital, a programação é que a vacinação siga neste final da semana.

Novos Leitos

Com a taxa de ocupação dos leitos nos hospitais sob gestão do Estado de Goiás marcando 93%, o Governo de Goiás entregou na sexta-feira (12), 31 novos leitos para tratamento de pacientes vítimas do coronavírus, em Senador Canedo. Destes, 11 são de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 20 de enfermaria. As vagas foram abertas no Hospital de Enfrentamento à Covid-19 de Senador Canedo, em uma parceria entre Governo de Goiás, município e iniciativa privada.

Com o acordo, o Estado ficará responsável por repassar R$ 5.783.446,02 para o cofinanciamento da nova estrutura pelo período de seis meses, o que representa o valor de R$ 963.907,67, mensalmente. “Estamos de mãos dadas. Contem com o governador do Estado. Nossa luta é com esse único objetivo”, afirmou o governador. Já o secretário de Estado de Saúde, Ismael Alexandrino, garantiu que os leitos podem receber pacientes de outros municípios. “Todos os leitos são custeados e regulados pelo Estado. Podem vir pacientes de até 200, 300 quilômetros, de onde tiver necessidade”, e completou: “Não deixaremos pacientes goianos, que necessitem, sem leitos de UTI”. (Especial para O Hoje)

 

criação de site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui