terça-feira, abril 23, 2024
spot_img
HomeDestaqueAtlético e Fluminense são os únicos brasileiros que evitaram ‘terror’ na Libertadores

Atlético e Fluminense são os únicos brasileiros que evitaram ‘terror’ na Libertadores

Copa Libertadores: Grupos da Libertadores foram sorteados na noite de segunda-feira (19/3): Atlético está no G e Fluminense no A

Atlético e Fluminense foram os únicos times brasileiros que evitaram um “terror” na Copa Libertadores: a altitude. Diferentemente dos outros cinco representantes – Botafogo, Flamengo, Grêmio, Palmeiras e São Paulo -, o Galo e o Tricolor Carioca não terão confrontos com altura superior a 2.300 metros, número que começa a preocupar pela dificuldade respiratória, por exemplo.

Brasileiros na ponta

Representante mineiro na Libertadores, o Atlético, que está no Grupo G, duelará com Peñarol (URU), Rosario Central (ARG) e Caracas (VEN). Esses clubes mandam jogos em cidades com altitude de somente 43m, em Montevidéu, 31m, em Rosário e 900m, em Caracas, respectivamente.

Vencedor da Libertadores em 2023, o Fluminense está no Grupo A com Cerro Porteño (PAR), Alianza Lima (PER) e Colo-Colo (CHI), equipes que tem estádios em cidades com altitude de apenas 42m, em Assunção, 70m, em Lima, e 570m, em Santiago, respectivamente.

Desta forma, Galo e o Tricolor Carioca terão dois confrontos como visitantes em cidades que, praticamente, não tem altitude e mais um duelo em uma altura comum – 570m e 900m -, até porque Belo Horizonte, por exemplo, está 852m acima do mar.

Times brasileiros que enfrentarão altitude na Libertadores

Por outro lado, Botafogo, Flamengo, Grêmio, Palmeiras e São Paulo terão que enfrentar a temida altitude como visitante na Libertadores de 2024.

O Flamengo terá dois confrontos em cidades que estão a mais de 2.300m acima do mar. O time comandado por Tite visitará o Bolívar (BOL), em La Paz, com altitude de 3.640m, e o Millionarios (COL), em Bogotá, que está 2.625m acima do mar.

Já o Grêmio enfrentará a mesma altura boliviana que o Flamengo, pois também atuará no Estádio Hernando Siles. O Tricolor Gaúcho foi sorteado para o grupo do The Strongest e encarará 3.640m de altitude.

Outros clubes brasileiros que terão dificuldades iguais são Botafogo e Palmeiras. Os times enfrentarão LDU e Independiente Del Valle, respectivamente, e visitarão a cidade de Quito, no Equador, que fica a 2.850 metros acima do mar.

Por fim, o São Paulo foi sorteado para enfrentar o Cobresal (CHI), que normalmente manda os jogos no Estádio El Cobre, em El Salvador, cidade que fica 2.300m acima do mar e no deserto do Atacama. Porém, segundo a ESPN, o local não atende as exigências da Conmebol para partidas internacionais. O representante chileno ainda não divulgou qual estádio realmente receberá seus jogos.

 ‘maldição’ de rival pode impedir bicampeonato do Fluminense

Tricolor Carioca entrará na Libertadores com o objetivo de repetir feito que apenas Palmeiras conseguiu no século 21

Uma maldição pode impedir o Fluminense de conquistar o bicampeonato da Copa Libertadores. O Tricolor Carioca enfrentará o Alianza Lima, do Peru, na fase de grupos e terá que quebrar um longo tabu para ser campeão do torneio de forma consecutiva, feito que apenas o Palmeiras conseguiu na competição continental no século 21.

No sorteio da segunda-feira (18/3), o Fluminense descobriu que enfrentará Cerro Porteño (PAR), Colo-Colo (CHI) e o temido Alianza Lima (PER). O temor não se dá pelo futebol praticado, já que o clube é apenas o sétimo colocado da liga peruana, mas sim por uma maldição.

Desde 1998, o Alianza Lima esteve na fase de grupos da Libertadores em 14 edições e, em nenhuma ocasião, um adversário da chave foi campeão daquela edição do torneio continental.

As “transferências” de azar mais marcantes do time peruano foi para São Caetano, em 2002, Boca Juniors (ARG), em 2018, e River Plate (ARG), em 2019, já que os clubes chegaram à final e perderam.

O Estado de Minas

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments