quinta-feira, abril 18, 2024
HomeBrasilCarlos França entrega à Alego PL buscando o recebimento de honorários advocatícios

Carlos França entrega à Alego PL buscando o recebimento de honorários advocatícios

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Carlos França, entregou ao presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), deputado Bruno Peixoto, na manhã desta terça-feira (2), o Projeto de Lei que altera a Lei Estadual n°11.651/1991. Se aprovado pela Alego, o projeto garantirá a não antecipação do recolhimento das custas processuais nas ações ajuizadas visando o arbitramento e cobrança de honorários advocatícios. A entrega do documento, que foi aprovado no dia 18 de março pelo Órgão Especial do TJGO, foi acompanhada pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás, Rafael Lara.

Também compareceram a desembargadora Juliana Pereira Diniz Prudente; os desembargadores Marcus da Costa Ferreira, Itamar de Lima, Anderson Máximo de Holanda, Vicente Lopes da Rocha Júnior, Breno Boss Cachapuz Caiado e Alexandre de Morais Kafuri. Os deputados estaduais Amilton Filho, Virmondes Cruvinel, Cairo Salim, Eduardo Prado, Talles Barreto e Veter Martins participaram da reunião.

Ao entregar o PL, Carlos França agradeceu a receptividade do presidente da Alego, Bruno Peixoto, como também de todos os deputados estaduais presentes à reunião, e ressaltou que o momento reflete um avanço para o Poder Judiciário. “O Tribunal de Justiça de Goiás faz com satisfação e alegria o encaminhamento desse projeto de lei em respeito à advocacia e à sociedade goiana, trazendo ao Poder Legislativo de nosso Estado a oportunidade de aprovar uma lei que garante aos advogados a postulação visando o recebimento de honorários advocatícios, verba de natureza alimentícia, sem o adiantamento das custas processuais”, observou França, ao colocar o Poder Judiciário à disposição do Legislativo e da OAB-GO.

O presidente da Alego, deputado Bruno Peixoto, afirmou que o dia de hoje é histórico. “Podem ter certeza que os deputados que compõem a Assembleia Legislativa de Goiás estão unidos, pois há anos os advogados goianos aguardam por esse momento. E contem conosco para aprovação de urgência desta matéria”, salientou o parlamentar ao parabenizar o presidente do TJGO.

Sensibilidade
Segundo o presidente da OAB-GO, Rafael Lara, a união de todos em prol desse projeto de lei, que é tão importante para a advocacia goiana, demonstra a sensibilidade do presidente Carlos França e do presidente da Alego, deputado Bruno Peixoto. “Honorários advocatícios são verba alimentar e nós, precisamente, receberemos um tratamento com dignidade de urgência que a advocacia merece”, finalizou.

Ainda estiveram presentes na entrega do Projeto de Lei, a secretária-geral OAB-GO, Talita Hayasaki; o diretor-tesoureiro da OAB-GO, Eduardo Alves Cardoso Júnior; o conselheiro da OAB-GO, Juliano Santana, e o procurador da Alego, Iure de Castro.

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments