sábado, maio 25, 2024
spot_img
HomeBrasilGleisi Hoffmann promete processar Nikolas Ferreira por associar morte de Marielle Franco...

Gleisi Hoffmann promete processar Nikolas Ferreira por associar morte de Marielle Franco ao PT

A presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), deputada Gleisi Hoffmann (PR), disse que vai processar o também deputado Nikolas Ferreira (PL-MG) por ter associado a execução da vereadora do Rio Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes à sigla. O parlamentar fez postagens em rede social nesta terça-feira, 23.

“A turma do Bolsonaro nem esperou a Justiça validar a delação do assassino de Marielle e Anderson para espalhar mentiras contra o PT. É nojenta a fake news do bolsonarista Nikolas e ele terá de responder por mais este crime”, disse Gleisi também na terça.

O executor do crime, conforme apontam as investigações do caso, teria citado o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) Domingos Inácio Brazão como o autor intelectual dos assassinatos em 14 de março de 2018, segundo o site The Intercept Brasil. A delação de Lessa, que está preso desde março de 2019, ainda precisa ser homologada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). O advogado do ex-policial, Bruno Castro, não confirma a colaboração premiada entre o seu cliente e a Polícia Federal (PF).

Logo após a divulgação sobre o acordo de colaboração premiada, Nikolas postou fotos antigas de Brazão com materiais de campanhas da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e o chamou de “mandante petista”. Domingos Brazão fez campanha pela reeleição da ex-presidente em 2014, antes de se tornar conselheiro do TCE.

Em outra publicação, o bolsonarista chamou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de “bandido” por não ter se manifestado sobre a delação.

Pelas redes sociais, Gleisi afirmou que Nikolas espalha “mentiras contra o PT”. A dirigente partidária também disse que o parlamentar, aliado do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), vai “responder por mais este crime”. Ao longo do ano passado, o deputado foi alvo de outros processos encabeçados por membros da base governista.

Gleisi citou a relação de Brazão com o grupo político opositor no X (antigo Twitter). O irmão de Domingos Brazão, o deputado federal Chiquinho Brazão fez campanha para o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) na eleição do ano passado.

A deputada também afirmou que a legenda do presidente Lula quer a conclusão da investigação sobre a morte de Marielle. “Quem teve apoio do suposto mandante em 2018 foi Jair Bolsonaro, prometendo ‘metralhar os petistas’. Tudo que o PT quer é que a Polícia, o MP (Ministério Público) e a Justiça concluam a investigação, sem interferências que a prejudiquem. O mandante desse crime, seja quem for, tem de pagar!”, disse.

Estadão procurou o deputado Nikolas Ferreira, mas não obteve retorno.

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments