terça-feira, maio 28, 2024
spot_img
HomeMundoHomem armado com espada mata garoto de 13 anos e deixa quatro...

Homem armado com espada mata garoto de 13 anos e deixa quatro feridos em Londres

Um adolescente de 13 anos morreu e quatro pessoas ficaram feridas ao serem atacadas por um homem armado com uma espada no Leste de Londres na manhã desta terça-feira (30). A polícia afirma que o incidente “não parece estar vinculado ao terrorismo”.

A polícia recebeu uma ligação “pouco antes das 7h00” (pelo horário local) para se deslocar a uma estação de metrô na zona de Hainault onde, segundo testemunhas, “várias pessoas foram apunhaladas”. Ainda de acordo com o comunicado das forças de ordem, “um homem foi preso com uma espada” e, segundo testemunhas, o suspeito atacou transeuntes “e dois policiais”.

O serviço de ambulâncias londrino confirmou na rede social X ter “atendido cinco pessoas” que foram levadas para o hospital.

Imagens publicadas nas redes sociais e recolhidas pela mídia britânica mostravam um homem branco, vestindo calça preta e um moletom amarelo com capuz, espada na mão, andando de forma irregular em frente às casas, enquanto carros da polícia cercavam o local. Testemunhas relataram ter ouvido gritos.

No início da tarde, o representante da polícia Stuart Bell informou que uma das vítimas não resistiu aos ferimentos. “É com uma grande tristeza que confirmamos que um dos feridos no ataque, um garoto de 13 anos, morreu”, anunciou em uma declaração à imprensa.

O autor do ataque, um homem de 36, anos foi detido. Segundo Ade Adelekan, oficial da polícia citado em um comunicado, “o ataque não parece estar vinculado ao terrorismo”.

Ataques com facas em alta

O primeiro-ministro conservador, Rishi Sunak, reagiu ao incidente. “Tal violência não tem lugar nas nossas ruas”, escreveu na rede social X. O prefeito de Londres, Sadiq Khan, disse estar “absolutamente devastado” com o episódio.

Os ataques com facas e espadas estão aumentando no Reino Unido. Segundo dados oficiais, no ano passado eles aumentaram 7%, para atingir quase 50 mil casos, na Inglaterra e no País de Gales. Em Londres, esses ataques aumentaram 20%, com 14.577 ocorrências registradas, voltando aos níveis anteriores à pandemia de coronavírus. Esse tipo de crime tinha registrado uma alta preocupante em 2019.

Na semana passada, o premiê criticou a política de segurança do prefeito de Londres, nas vésperas das eleições municipais marcadas para esta quinta-feira.

Com informações da AFP

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments