terça-feira, maio 28, 2024
spot_img
HomeDestaqueLira eleva o tom com o governo e libera uma série de...

Lira eleva o tom com o governo e libera uma série de pautas controversas

Presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL) voltou a subir o tom contra o ministro Alexandre Padilha (PT), responsável pela articulação política do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O parlamentar alagoano indicou a aliados que dará prioridade a diversos pedidos da oposição de ultradireita.

Em reunião de líderes, na noite passada, Lira cogitou instalar cinco comissões parlamentares de inquérito numa canetada só. Prometeu ainda, segundo líderes partidários disseram à revista Carta Capital, criar um grupo de trabalho responsável pela elaboração de uma reação às operações da Polícia Federal (PF), no Congresso.

Um movimento atribuído a Padilha pelo entorno de Lira teria aumentado a irritação do presidente da Câmara e servido de pontapé inicial à ofensiva. Trata-se da exoneração de Wilson César de Lira do comando da Superintendência do Incra em Alagoas – a demissão era uma das demandas do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), desde o ano passado.

Sem-terra

A primeira etapa do contra-ataque se concretizou na sessão passada, quando a Câmara aprovou um requerimento de urgência para acelerar a tramitação de um projeto contra o MST. De autoria do deputado Tenente-Coronel Zucco (Republicanos-RS), a proposta vai restringir o acesso dos sem-terra aos programas sociais do governo.

Lira não indicou, por enquanto, quais CPIs podem ser instaladas nos próximos dias. A ideia é que os líderes partidários cheguem a um acordo e lhe apresentem uma lista.

Entre os requerimentos com o número necessário de assinaturas está a apuração de denúncias de tráfico e exploração sexual na Ilha de Marajós (PA).

Correio do Brasil

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments