terça-feira, maio 28, 2024
spot_img
HomeBrasilLula desembarca em Santa Maria em meio a chuvas históricas no RS

Lula desembarca em Santa Maria em meio a chuvas históricas no RS

O presidente Lula (PT) desembarcou, na manhã desta quinta-feira (2), em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, para acompanhar a situação dos municípios gaúchos atingidos por fortes chuvas que já deixaram 13 mortos e 21 desaparecidos.

Na comitiva do governo federal estão presentes ainda os ministros Rui Costa (Casa Civil), Renan Filho (Transportes), Waldez Góes (Integração e Desenvolvimento Regional), Jader Filho (Cidades) e Paulo Pimenta (Secretaria de Comunicação), além do comandante do Exército, general Tomás Paiva, e do chefe do gabinete do Comandante da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Antonio Luiz Godoy Soares.

Uma reunião com o governador Eduardo Leite (PSDB) será realizada pela comitiva.

“Nós vamos colocar quantos homens forem necessários para ajudar. Não há limite de pessoas para a gente mandar”, afirmou o presidente, em conversa telefônica com Eduardo Leite na quarta-feira (1).

Após desembarcar na Base Aérea de Santa Maria, o ministro da comunicação, Paulo Pimenta, declarou que o foco é salvar vidas. “É pra isso que a gente tá aqui”, afirmou.

A Defesa Civil Nacional e o Ministério da Defesa já prestam apoio ao estado no socorro emergencial aos atingidos pelas enchentes. As Forças Armadas tem auxiliado as ações de busca e resgate de vítimas e a desobstrução de estradas, além de distribuição de alimentos, colchões, água e a montagem de postos de triagem e abrigos.

Duas aeronaves da Força Aérea Brasileira já operam na região e outras duas do Exército se deslocam para o estado. O Ministério da Defesa solicitou outras oito. De acordo com o governo federal, o efetivo das Forças Armadas foi ampliado de 335 para 626 militares, e 45 viaturas e 12 embarcações já foram fornecidas.

Também integram a comitiva federal no Rio Grande do Sul nesta quinta o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Wolnei Wolff Barreiros; o diretor-executivo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Carlos Antônio Rocha de Barros; e o presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Edegar Pretto.

Pelas redes sociais, o governador Eduardo Leite (PSDB) afirmou que “não é momento apenas de sobrevoos, mas de articulação de todos para salvar vidas”.

“As aeronaves precisam estar focadas nos resgates. Precisamos somar todos os esforços. É um momento de articulação para sintonia entre as forças armadas e o estado do Rio Grande do Sul para fazer o resgate das pessoas, esse é o nosso foco nesse momento”, afirmou.

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments