sexta-feira, junho 14, 2024
spot_img
HomeBrasilMabel deixa presidência da Fieg para se candidatar à prefeitura de Goiânia

Mabel deixa presidência da Fieg para se candidatar à prefeitura de Goiânia

O empresário Sandro Mabel transferiu a presidência da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) para o 1º vice-presidente, André Rocha, na manhã desta quarta-feira (5/6) em solenidade realizada na Casa da Indústria, sede da entidade, em Goiânia. Há mais de cinco anos no comando da Federação, Mabel deixa o cargo para se candidatar à prefeitura de Goiânia nas eleições deste ano como nome do partido do governador Ronaldo Caiado, o União Brasil.

Entre as ações da gestão, Mabel intensificou a capacitação da diretoria, com a implementação de Demonstrações do Resultado do Exercício (DREs) para melhorar a análise financeira e o desempenho da própria Fieg, além do Serviço Social da Indústria (Sesi), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Instituto Euvaldo Lodi (IEL Goiás).

O agora ex-presidente disse que seu principal legado foi na educação: houve um aumento de 449% nas escolas Sesi, de R$ 14,61 milhões em investimentos para R$ 80,226 milhões, e nas escolas Senai houve aumento de 604%, de R$ 9,719 milhões para R$ 68,437 milhões em investimentos. De oito escolas Sesi no início da gestão, agora são 21. Já as escolas Senai passaram de 7 para 10.

Sandro Mabel (Foto: Letícia Coqueiro/A Redação) 

“O maior legado que nós temos é a educação, não tenho dúvida nenhuma. A educação para a formação profissional, para que a gente possa tanto dar essa educação melhor para essas crianças e jovens, como também nós estamos preparando as nossas indústrias para recebê-los e ter funcionários que possam operar a indústria 4.0. Então, a indústria pode crescer em Goiás, que nós sempre vamos estar treinando, isso da indústria de alfinete até a indústria de foguete”, disse Mabel.

Neste mesmo aspecto, houve investimento na capacitação profissional no período da pós-pandemia, certificando mais de 440 mil profissionais para que possam se inserir no mercado de trabalho. No total, todas as propostas de formação, inovação e educação da Fieg terão um investimento de R$ 1 bilhão até 2026. Além disso, o Sesi firmou parcerias com escolas municipais de pequenas cidades goianas, em parceria com as prefeituras, para renovar a gestão, programa que já atende e beneficia 3 mil estudantes em cinco escolas.

Mabel afirma que quer levar o mesmo foco para a prefeitura, caso seja eleito. “Nós vamos pegar as escolas de Goiânia e trabalharmos em conjunto, com o Sesc, o Senac, o Sesi, Senai, com todo mundo junto. Essa integração, que irá profissionalizar cada vez mais, fará de Goiânia uma cidade que tem mão de obra para qualquer emprego”, projetou. “A prefeitura tem que trabalhar muito intensamente na geração de emprego, no treinamento, porque hoje não é atrair uma grande empresa, e sim atrair segmentos de pequenas empresas que possam vir pra cá porque encontram mão de obra treinada, que é a matéria-prima mais difícil de se encontrar hoje em dia”, enfatizou.

André Rocha (Foto: Letícia Coqueiro/A Redação) 

Com o afastamento de Mabel, o 1º vice-presidente André Rocha assume a liderança da Federação. O empresário, com formação acadêmica em engenharia civil, atua há 17 anos como presidente-executivo do Sindicato da Indústria de Fabricação de Etanol do Estado de Goiás (Sifaeg) e do Sindicato da Indústria de Fabricação de Açúcar do Estado de Goiás (Sifaçúcar), além de ocupar a diretoria-geral do Grupo de Líderes Empresariais (LIDE-Centro-Oeste), desde 2011, e a vice-presidência do Conselho Deliberativo do Sebrae Goiás. É presidente do Conselho Administrativo do Sicoob; membro do Coagro e do Conselho de Assuntos Legislativos (CAL) da Confederação Nacional da Indústria (CNI); e integrante do Conselho Superior do Agronegócio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

“É um grande desafio. O Sandro tem feito uma gestão maravilhosa. Ao longo desses cinco anos e meio ele mostrou grande capacidade de articulação, atuando junto ao Congresso Nacional em defesa do Sistema S, defendendo as indústrias goianas da reforma tributária”, avaliou o novo presidente da Fieg, André Rocha. “Goiás tem mostrado destaque na produção industrial brasileira e o desafio é dar continuidade. Hoje temos uma equipe azeitada, comprometida e vamos torcer para que ele também deixe sua marca na cidade de Goiânia”, completou.

Reconhecimento
Diversas autoridades acompanharam o evento, incluindo o governador Ronaldo Caiado, que destacou a carreira política pregressa de Mabel, que já atuou como deputado federal. “Ele já tem uma história, é um parlamentar experiente, com um acompanhamento muito forte no Congresso Nacional. Ele representa exatamente aquilo que nós diagnosticamos como tendo o perfil que a sociedade goianiense solicita neste momento: uma pessoa que tenha conhecimento político, trânsito livre na alçada federal e boa convivência no Senado e na Câmara, além experiência em gestão”, citou.

Sandro Mabel, Daniel Vilela e Ronaldo Caiado (Foto: Letícia Coqueiro/A Redação)

“O Sandro fez uma revolução aqui nesses cinco anos e deixou um legado extraordinário com projetos muito importantes”, afirmou o vice-governador de Goiás, Daniel Vilela. “Ele também já tem aí uma folha de serviço prestado enorme ao nosso Estado como parlamentar, exatamente por ser reconhecido como um grande gestor, um homem capaz de fazer aquilo que os goianenses estão desejosos, aquilo que Goiânia precisa”, completou.

“O Sandro é uma pessoa do bem, um grande articulador e gestor. Faz um trabalho inovador, investindo em educação e no social. Não tenho dúvida de que ele está preparado. Goiânia precisa de um projeto de desenvolvimento que invista em infraestrutura, educação, em geração de emprego. Uma estrutura que possa dar uma verdadeira dignidade ao goianiense em todas as frentes, e Sandro tem a capacidade”, declarou o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Bruno Peixoto.

Secretário da Retomada, César Moura também acompanhou o evento e destacou as credenciais de Sandro para a disputa em Goiânia. “Vejo como muito natural esse resultado e o desejo dele de transformar Goiânia, e esperamos que alguns projetos que estamos fazendo tenham uma ligação mais forte com a prefeitura e ter essa sinergia”, relatou sobre suas expectativas.

O diretor-superintendente do Sebrae Goiás, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, prestigiou a cerimônia e agradeceu a parceria de longa data da Fieg com o Sebrae. “Temos uma expectativa muito grande que esses laços continuem sendo fortalecidos e todo o apoio às micro e pequenas empresas continuem sendo fortalecidos no Estado de Goiás. O André Rocha já é conselheiro do Sebrae e tem tudo para continuar contribuindo ainda mais para o desenvolvimento das indústrias goianas”, arrematou.

A Redação

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments