domingo, julho 21, 2024
spot_img
HomeDestaquePor que a extrema direita está aumentando entre os jovens na Europa?

Por que a extrema direita está aumentando entre os jovens na Europa?

O sucesso dos partidos de extrema-direita nas recentes eleições para o Parlamento Europeu provocou ondas de choque em toda a Europa. E com o partido Reunião Nacional, de Marine Le Pen, prestes a se tornar a força política dominante na França, o continente inclina-se cada vez mais para a direita e há várias implicações. Parte do que explica esse movimento na política está no número crescente de jovens, eleitores de primeira viagem, desiludidos com os principais partidos e que procuram mudanças. Mas quando e como a Geração Z passou a ter uma atitude mais conservadora?

O sucesso dos partidos de extrema direita nas eleições para o Parlamento Europeu de 2024 era previsível. Mas o que surpreendeu os investigadores foi o seu desempenho entre os jovens.

O Parlamento Europeu inclina-se ainda mais para a direita. E se os resultados das eleições servem de referência, o mesmo acontece com uma nova geração de eleitores europeus.A votação combinada dos partidos de extrema-direita em todo o continente garantiu-lhes um quarto dos assentos em Bruxelas – a par do maior grupo, o Partido Popular Europeu, de centro-direita.

A ascensão do Reunião Nacional

Os eleitores em França desferiram um duro golpe no presidente Emmanuel Macron. O Reunião Nacional (ou Reagrupamento Nacional – RN), de extrema-direita, de Marine Le Pen, obteve mais de 30% dos votos, em comparação com 14,5% do partido Renascimento (RE), do líder francês.

A primeira volta das eleições parlamentares de alto risco em França teve lugar em 30 de Junho. O Comício Nacional de Marine Le Pen obteve uma vitória enfática. A segunda volta deverá ter lugar em 7 de julho, com o RN agora a caminho de causar uma mudança sísmica na política francesa.

Isso poderia fazer com que Jordan Bardella se tornasse o novo primeiro-ministro da França. Visto como protegido de Le Pen, Jordan Bardella reuniu grande parte do país com a sua frase de efeito “A França está desaparecendo” – parte da retórica anti-imigração do Reunião Nacional. E as pessoas estão ouvindo.

Bardella tem 1,5 milhão de seguidores no TikTok. O jovem político de 28 anos é frequentemente assediado em eventos do Reunião Nacional por pessoas que querem tirar uma selfie com ele. E ele usa o TikTok e outras plataformas de mídias sociais para atrair jovens na França.

A Geração Z está ouvindo

E a Geração Z (nome dado à geração de pessoas nascidas entre 1997 e 2012) está se fazendo ouvir. Livrar o continente dos “tecnocratas” e devolvê-lo a uma “Europa das nações” é o grito de guerra de muitos.

Votando pela mudança

Os jovens também querem ver uma repressão à imigração e a erosão dos partidos tradicionais “ineficazes e corruptos”, de acordo com relatórios da Euronews.

E não é apenas em França que estas vozes mais jovens são ouvidas. Em toda a Europa, cada vez mais jovens na faixa dos 20 e poucos anos votam em partidos de extrema-direita ou ultranacionalistas. Na Itália, por exemplo, Giorgia Meloni, primeira-ministra de Itália desde outubro de 2022, foi ajudada a assumir o cargo por numerosos jovens entre os 18 e os 24 anos que gozaram de plenos direitos de voto pela primeira vez na história italiana.

Política de direita na Itália

A primeira-ministra Giorgia Meloni lidera o partido político de direita Irmãos da Itália desde 2014. Ela também é presidente do Partido Europeu dos Conservadores e Reformistas desde 2020. Meloni, da mesma forma, faz questão de se conectar com o eleitorado mais jovem através das redes sociais.

Política de direita na Alemanha

Na Alemanha, o partido populista de extrema-direita Alternativa para a Alemanha (AfD) tem um forte foco anti-imigração. Também obteve sucesso nas eleições para o Parlamento Europeu, obtendo 16% dos votos, ficando em segundo lugar, atrás dos conservadores Democratas-Cristãos da Alemanha, que obtiveram 30% dos votos. A coligação tripartidária do chanceler Olaf Scholz ficou em terceiro lugar.

Pela primeira vez, os jovens de 16 anos na Alemanha puderam votar nas eleições de 2024 para o Parlamento Europeu. A AfD direcionou-se estrategicamente aos jovens durante a sua campanha, utilizando principalmente o TikTok e o Instagram para enviar mensagens com temas semelhantes às transmitidas na França e Itália, observou o DW. E tudo isto apesar de uma série de escândalos e protestos anti-extremismo terem diminuído o apoio nos últimos meses. Na foto estão Alice Weidel e Tino Chrupalla, co-líderes da AfD.

Política de direita nos Países Baixos

Em 22 de novembro de 2023, os eleitores holandeses surpreenderam aos principais partidos centristas quando o político nacionalista Geert Wilders, conhecido pelas suas opiniões francas sobre a imigração e o Islão, e o seu Partido para a Liberdade (PVV), de extrema-direita, reivindicaram quase um quarto dos votos (com 37 assentos).

Política de direita nos Países Baixos

O PVV conquistou em grande parte os seus assentos devido ao ressentimento socioeconômico expresso por muitos cidadãos holandeses comuns, irritados com um sentimento de injustiça em meio à crise do custo de vida.

Política de direita na Polônia

A imigração é uma questão importante na Polônia. A grande maioria dos polacos acredita que os imigrantes tiram postos de trabalho deles e que a sua presença é prejudicial para a economia, relatou o The Guardian. Esta retórica alimenta a Confederação da Coroa da Polônia, um partido político monarquista de extrema direita liderado por Grzegorz Braun. Para além da sua posição em relação à imigração, o partido também não é simpático a outras minorias.

Durante a campanha eleitoral para o Parlamento Europeu de 2024 em Cracóvia, Karolina Pikula, da Confederação, uma das políticas polacas mais radicais, rasgou uma bandeira do arco-íris em protesto contra a comunidade LGBTQ+. Mas o flerte da Polônia com a direita está diminuindo. Em dezembro de 2023, o Partido da Lei e da Justiça, de direita popularista, perdeu o poder.

Na Espanha, o Vox, um partido político nacional conservador, foi identificado como de direita e de extrema-direita. O líder do partido é Santiago Abascal, visto aqui com um título de eleitor durante as eleições para o Parlamento Europeu de 2024.

Política de direita em Portugal

Portugal também tem testemunhado um aumento do popularismo de direita. André Ventura, líder do Chega, tem visto o seu partido crescer exponencialmente, ganhando um apoio considerável em todo o país desde a sua fundação em 2019.

Desde a conquista de um assento nas eleições legislativas portuguesas em 2019 até agora ocupar 50 assentos em 2024, o apelo do Chega aumentou bastante. O partido conseguiu explorar a frustração dos jovens portugueses com questões de qualidade de vida, como a crise imobiliária e a falta de empregos bem remunerados, e a raiva face aos principais partidos que não conseguiram resolver esses problemas. Ventura é fotografado em Lisboa com Marine Le Pen e Tino Chrupalla.

Em 24 de junho de 2016, o resultado registrado foi que o Reino Unido votou pela saída da União Europeia: 51,89% votaram pela saída, 48,11% pela permanência. De acordo com o YouGov, os maiores de 65 anos tinham duas vezes mais probabilidade do que os menores de 25 anos de votar pela saída da União Europeia. E de acordo com uma sondagem YouGov de julho de 2023, a maioria dos britânicos (55%) disse que, se o referendo da UE ocorresse agora, votariam pela permanência no bloco econômico.

Protestos anti-extrema direita na Alemanha

Um dia antes, em 29 de junho, manifestantes reuniram-se perto do Grugahalle em Essen, Alemanha, protestando contra o congresso do partido AfD.

Protestos anti-extrema direita na Itália

E em Roma, no dia 20 de junho, estudantes, sindicalistas e antifascistas de todas as idades e raças reuniram-se para protestar contra os recentes episódios de violência cometidos por militantes de extrema direita na capital italiana.

Fontes: (The Guardian) (CNN) (The Conversation) (Al Jazeera) (Euronews) (Reuters) (The New York Times) (BBC) (Politico)

StarsInsider
Noticias relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Commentarios