terça-feira, maio 28, 2024
spot_img
HomeBrasilServidores da Justiça recebem homenagem pelo Legislativo por iniciativa de Karlos Cabral

Servidores da Justiça recebem homenagem pelo Legislativo por iniciativa de Karlos Cabral

Proposta pelo deputado Karlos Cabral (PSB), a Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) realizou, na noite dessa terça-feira, 23, sessão solene de entrega da Medalha Pedro Ludovico Teixeira e do Certificado do Mérito Legislativo em comemoração aos 35 anos do Sindicato dos Servidores e Serventuários da Justiça do Estado de Goiás (Sindjustiça-GO). Na solenidade foi reconhecida a contribuição dos servidores pelos relevantes serviços prestados à sociedade goiana. O evento teve lugar no Plenário Iris Rezende e, além dos homenageados, autoridades e convidados lotaram as galerias do Parlamento goiano.

Durante a sessão, o presidente do Sindjustiça, Fabrício Duarte de Sousa, foi condecorado com a Medalha do Mérito Legislativo Pedro Ludovico Teixeira. Servidores, serventuários e benfeitores do poder receberam o Certificado do Mérito Legislativo.

Karlos Cabral, na presidência da sessão, convidou para compor a mesa diretiva: a juíza auxiliar da presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, Lídia de Assis e Sousa, na solenidade representando o presidente da corte, desembargador Carlos Alberto França; o presidente do Sindjustiça-GO, Fabrício Duarte de Sousa; o vice-presidente da entidade, Bruno Faustino; a analista judiciária Caroline Moura de Morais Machado; e a advogada do sindicato, Rúbia Bites.

Para a execução do Hino Nacional, que regimentalmente deve ser tocado na abertura das sessões solenes, Cabral convidou a colega de Judiciário Mara Cristina, que entoou o hino à capela.

Em seu discurso, o legislador destacou a alegria de homenagear os colegas e benfeitores da justiça goiana. Ele classificou a solenidade como um momento ímpar de celebração aos 35 anos do sindicato que representa os servidores do Poder Judiciário goiano. Cabral afirmou que a noite era de reconhecimento e gratidão ao sindicato, que homenageia não somente uma entidade sindical, mas faz jus a toda uma história de luta, de dedicação, de muitas batalhas e conquistas, que se entrelaçam com a trajetória do serviço público no Estado. O parlamentar ressaltou que, como servidor do poder, sabe do valor do trabalho realizado por cada um dos colegas.

Progresso

O parlamentar pontuou que ao longo das mais três décadas, desde a fundação do então Sinsejusgo, em 1989, até hoje, testemunhou uma transformação da entidade, tanto em termos de representatividade, quanto na estrutura e na infraestrutura. “A sede própria, atualmente localizada no setor Sul, em Goiânia, é um símbolo desse progresso. Adquirida com recursos provenientes dos nossos colegas sindicalizados, que hoje recebe e acolhe a cada um deles. Além dessa sede administrativa, o sindicato conquistou também um clube recreativo, uma pousada, assim como os 13 chalés tão disputados no residencial Village Termas, na cidade de Caldas Novas.”

Karlos Cabral revelou que o Sindjustiça tem sido uma entidade que ajuda a pautar a atuação dele no Parlamento, em muitas questões que vão além da defesa dos servidores da justiça e dos servidores públicos em geral.

O deputado também fez um agradecimento especial ao presidente do sindicato, Fabrício Duarte de Sousa, pela garra com que se dedica à luta pelos direitos e pela valorização dos servidores da justiça, o que resultou em muitos avanços para a categoria. “O meu reconhecimento à trajetória do nosso sindicato, mas também a você, Fabrício, que foi muito importante e decisivo nesse processo, nos amparando lado a lado para que a gente pudesse chegar a esse patamar que nós chegamos hoje.”

Na sequência da solenidade os presentes puderam apreciar a apresentação do cantor Geovane Moreno, acompanhado do percussionista Gean Oliveira. A servidora Mara Cristina também se apresentou novamente.

Em seguida o presidente Fabrício Duarte de Sousa foi condecorado com a Medalha do Mérito Legislativo Pedro Ludovico Teixeira e fez uso da palavra. O sindicalista afirmou que sua história pessoal se confunde com a do Sindjustiça, já que tem 27 anos como servidor da justiça e o mesmo tempo como sindicalizado atuante.

Sessão solene em homenagem aos 35 anos do Sindjustiça
Carlos Costa

Ele relatou parte da sua história na entidade, ressaltando que a força da instituição não está na representação da diretoria, mas na força dos seus filiados. Fabrício Duarte citou que o momento atual no país, o servidor público é visto como alguém que faz mal ao Estado, é desvalorizado e não é reconhecido. E fazer sindicalismo nesse contexto é ainda mais difícil.

“Mas fazemos isso com orgulho, com amor. (…) Sempre haverá luta, sempre haverá o que se combater. E a luta sindical ela é interminável, porque problemas surgem mais do que soluções. Demandas surgem mais do que conquistas, mas ser sindicalista é ser uma pessoa devotada ao amor. Amor pela categoria, amor pela justiça. A justiça da convivência interna no nosso ambiente de trabalho, a justiça remuneratória à nossa categoria e a justiça, Karlos, que você traz aqui hoje, do reconhecimento”, afirmou o líder sindical.

Defesa da categoria

A analista judiciária Caroline Moura de Morais Machado também discursou em nome dos homenageados, afirmando que tem muito orgulho tanto de ser servidora do Judiciário, quanto de pertencer ao Sindjustiça. Ela ressaltou o trabalho a atuação do sindicato em defesa da categoria. “Ao longo esses 35 anos de história, o Sindjustiça tem sido mais que uma mera entidade sindical. Ele tem sido uma voz incansável de defesa dos nossos direitos, uma luz orientadora nos momentos difíceis e um porto seguro para todos nós que fazemos parte dessa nobre casa.”

Em sua fala, a juíza auxiliar da presidência do TJ, Lídia de Assis e Sousa, sublinhou a colaboração entre a corte e o Sindjustiça. Para ela, a parceria é um testemunho do poder de entendimento mútuo e do compromisso comum com a justiça e a equidade. “Ao longo dos últimos anos nossa colaboração tem sido guiada pelos princípios da respeitosa negociação e do diálogo construtivo, resultando em benefícios concretos para toda a comunidade judiciária.”

Em seguida, os outros homeageados da noite receberam o Certificado do Mérito Legislativo e, na sequência, a solenidade foi encerrada.

Sessão solene em homenagem aos 35 anos do Sindjustiça
Egmar Honorato da Silva, Servidor aposentado, com mais de 25 anos serviços prestados ao Judiciário Goiano ladeado pelo Dep. Karlos Cabral e Dr. Fabrício, Pres. Sindjustiça-GO
Agência Assembleia de Notícias
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments