domingo, julho 14, 2024
spot_img
HomeBrasilAlcolumbre destinou R$ 9 milhões do orçamento secreto do governo Bolsonaro para...

Alcolumbre destinou R$ 9 milhões do orçamento secreto do governo Bolsonaro para obra tocada por empresa do suplente

Construtora e Reflorestadora Rio Pedreira foi investigada pela Polícia Federal (PF) em dezembro de 2022 por suspeitas de superfaturamento em outra obra viária no Amapá

O senador Davi Alcolumbre (União-AP) enviou R$ 9 milhões do orçamento secreto para uma obra no município de Santana (AP) executada pela empreiteira de propriedade do seu suplente, Breno Barbosa Chaves Pinto. A Construtora e Reflorestadora Rio Pedreira foi investigada pela Polícia Federal (PF) em dezembro de 2022 por suspeitas de superfaturamento em outra obra viária no Amapá.

A obra de asfaltamento em Santana é tocada por meio de um contrato entre o Ministério das Cidades e a Prefeitura de Santana. O contrato original era de R$ 9,1 milhões, sendo R$ 9,07 milhões a serem repassados pela União e R$ 45 mil como contrapartida da prefeitura.

O empenho de R$ 9 milhões foi realizado em dezembro de 2020, mas os pagamentos só começaram no fim do ano passado. A prefeitura já pagou R$ 814.542,25 para a empreiteira do suplente do senador. Apesar da investigação da PF, Breno Chaves está prosperando nos negócios no governo Lula. Outra empresa do suplente, a L B Construção, foi beneficiada com R$ 106,65 milhões do orçamento federal em 2023.

A empresa deve receber ainda mais dinheiro neste ano. A empreiteira venceu uma licitação do Dnit no valor R$ 268,7 milhões para pavimentação de um trecho de 56 quilômetros da BR-156. A reportagem do Estadão tentou contato com a prefeitura de Santana; com o prefeito, Sebastião Bala Rocha (PP); com a empresa e com Davi Alcolumbre, por meio da assessoria, mas não houve resposta.

METRO1

Noticias relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Commentarios