domingo, julho 14, 2024
spot_img
HomeBrasilPF prende membro do PCC que planejava sequestar políticos

PF prende membro do PCC que planejava sequestar políticos

Dudinha é alvo da operação que visa coibir um plano da facção para sequestrar autoridades

A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã desta quinta-feira (14/12), Eduardo Marcos da Silva, conhecido como Dudinha, braço direito do chefe do Primeiro Comando da Capital (PCC), Marcola. Dudinha é alvo da operação que visa coibir um plano da facção para sequestrar autoridades.

Ao todo, foram cumpridos três mandados de prisão preventiva e 16 de busca e apreensão. Foram apreendidas duas pistolas 9mm, um colete balístico e quatro veículos de luxo.

De acordo com as investigações, o criminoso integra a sintonia restrita da organização, uma célula que trata de assuntos sigilosos e relevantes para a cúpula da facção, formada por membros de extrema confiança do comando e com elevado poder decisório.

A ação da PF é um desdobramento da Operação Sequaz, deflagrada em março deste ano. À época, a PF descobriu um plano do PCC para sequestrar e matar servidores públicos e autoridades, incluindo o ex-juiz e senador Sergio Moro (UB-PR) e o promotor de Justiça Lincoln Gakiya, que integra o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado de São Paulo (Gaeco).

Fontes da PF afirmam que ainda não é possível afirmar quais autoridades seriam alvo de um suposto novo plano de ataque. Contudo, a primeira fase da investida policial, os investigadores encontraram informações sobre as residências oficiais dos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), além do senador Sergio Moro (UB-PR).

O HOJE

Noticias relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Commentarios