terça-feira, abril 23, 2024
spot_img
HomeDestaqueEm caso de Terceira Guerra Mundial: O que fazer se uma explosão...

Em caso de Terceira Guerra Mundial: O que fazer se uma explosão nuclear realmente acontecer

Em meio às tensões entre as potências nucleares mundiais, a ameaça de uma explosão nuclear torna-se cada vez mais alarmante e possível. Embora ninguém queira pensar numa tragédia tão catastrófica, é essencial estar preparado e saber o que fazer caso algum líder mundial com muito poder nas mãos acabe decidindo tomar a direção errada e partir para este caminho terrível e sombrio. Especialistas em desastres começaram a compartilhar seus conhecimentos caso uma bomba atômica exploda. Dizem que os minutos e horas após a explosão são extremamente críticos para determinar a nossa sobrevivência.

Na galeria, descubra o que fazer se o pior cenário nuclear realmente acontecer.

Quão perigosas são as bombas nucleares?

O número de vítimas fatais causadas por uma arma nuclear depende do seu tamanho, local de detonação e quantidade de pessoas expostas à explosão. Uma única arma nuclear tem o potencial de causar centenas de milhares de mortes imediatas numa grande cidade. O arsenal nuclear da Rússia tem capacidade, por exemplo, de atingir quase qualquer local do planeta.

O que é uma explosão nuclear?

De acordo com o site americano Disasters and Emergencies, uma explosão nuclear é o resultado de um dispositivo que utiliza uma reação nuclear para criar uma explosão. Esses dispositivos variam em tamanho, desde pequenos portáteis até aqueles transportados por grandes mísseis. Esses equipamentos têm o potencial de causar danos significativos de várias maneiras.

Vários tipos de perigos

O brilho ofuscante, a força do impacto da explosão, a radiação que danifica células, o fogo e o calor que podem causar ferimentos e destruição, o pulso eletromagnético que pode derrubar dispositivos eletrônicos, a sujeira radioativa e detritos caindo em forma de chuva — chamados de precipitação — são todos os perigos que uma explosão nuclear representa.

Quanto tempo temos depois do anúncio?

No caso de uma bomba nuclear vir da Rússia em direção aos EUA, por exemplo, se as pessoas forem prontamente alertadas sobre o ataque iminente, prevê-se que elas teriam aproximadamente 30 minutos ou menos para procurar abrigo. Isso significa que, na pior das hipóteses, não haverá tempo para planejamentos no momento.

Onde acontecerão os anúncios?

Numa entrevista, Irwin Redlener, especialista em preparação para desastres da Universidade de Columbia, sugere que a televisão ou o rádio seriam as fontes mais confiáveis para receber informações sobre um potencial ataque nuclear. Além disso, sirenes altas provavelmente soariam como um alerta.

Com o que se parece

Quando uma bomba nuclear explode, a arma dispara um imenso flash de luz e uma gigante bola de fogo laranja.

Primeiros 15 minutos: busque segurança corporal

Para evitar a cegueira temporária causada pela luz, é aconselhável proteger imediatamente os olhos. Uma bomba de 1 megaton pode causar cegueira temporária em indivíduos num raio de extensão de 21 km em um dia claro e até 85 km em uma noite clara.

Deite com o rosto para baixo

Além de procurar abrigo atrás de qualquer coisa que possa fornecer proteção, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) aconselham os indivíduos a se deitarem no chão, com o rosto para baixo, colocando as mãos sob o corpo para se protegerem contra objetos voadores e calor intenso. Outra orientação é usar um lenço para cobrir o nariz e a boca. Manter a boca aberta pode ainda ajudar a garantir que seus tímpanos não estourem com a pressão.

Se você estiver num carro
©Shutterstock
Se você estiver num carro

Se você estiver em um carro quando ocorrer a explosão, pare o veículo com segurança e agache-se dentro dele. No entanto, é importante que você não fique lá por muito tempo.

Mais ou menos 15 minutos antes da precipitação nuclear

Mais ou menos 15 minutos antes da precipitação nuclear
©Shutterstock

Diz-se que os sobreviventes de um ataque nuclear têm aproximadamente 15 minutos até que os grãos da precipitação nuclear cheguem ao solo. O contato com essas partículas pode causar doenças pela radiação, danificando as células do corpo, representando um risco potencial de fatalidade.


Exposição à radiação
©Shutterstock

Exposição à radiação

De acordo com o Centro Johns Hopkins para Segurança Sanitária, o risco de exposição à radiação diminui em 55% uma hora após a explosão, e após 24 horas é reduzido em 80%. Portanto, é crucial procurar abrigo imediatamente.

Busque um abrigo

Redlener sugere procurar abrigo na direção oposta aos edifícios caídos e longe do vento. Se não houver áreas cobertas próximas, tente distanciar-se da explosão dentro de 10 a 15 minutos e, em seguida, encontre rapidamente um abrigo para se proteger da nuvem de radiação.

Abrigos ideais
Precauções em construção com vários andares
©Shutterstock

As áreas ao ar livre, carros e casas móveis não são abrigos adequados, ressalta o governo dos EUA. Em vez disso, é recomendável buscar refúgio em edifícios de tijolo ou concreto, como escolas ou escritórios. O ideal é escolher habitações com porões para ficar por um tempo. Na ausência de prédios robustos, ainda é aconselhável buscar abrigo dentro de casa, mas esteja longe de janelas.

Cuidado redobrado em prédio com vários andares

Ao buscar abrigo em um prédio de vários andares, procure ficar no centro dele, principalmente se tiver janelas. Se tiver janelas, evite também os andares superior e inferior. A força das ondas de choque pode quebrar o vidro, mesmo a 16 km do local da explosão, por isso é importante ficar o mais longe possível dessas instalações.

Primeiras 24 horas: tomar banho e se manter abrigado
Retirar roupas contaminadas
©Shutterstock

As primeiras 24 horas após uma explosão são cruciais para reduzir a exposição à radiação e, portanto, bastante críticas para a sua saúde. Embora alguns níveis de danos causados pela radiação sejam tratáveis, há um ponto em que nada pode ser feito.

Tire as roupas contaminadas

Se você estava ao ar livre durante a explosão ou quando a precipitação radioativa chegou, é crucial remover todas as roupas contaminadas o mais rápido possível. Evite tocar nos olhos, nariz e boca e limpe cuidadosamente a pele exposta – mas evite usar lenços desinfetantes na pele.

Descarte as roupas sujas

De acordo com as recomendações do CDC, é aconselhável lacrar as roupas contaminadas, bem como quaisquer lenços ou panos utilizados para limpeza corporal ou facial, em um saco plástico.

Tome banho o mais rápido possível

As pessoas que estavam do lado de fora durante uma explosão devem tomar banho assim que puderem. Use água morna e aplique sabonete suavemente, pois esfregar com força pode machucar a pele, que serve como uma barreira protetora natural. Cubra quaisquer cortes ou escoriações durante o enxágue. Se um banho não for possível, use um pano limpo e úmido para limpar cuidadosamente a pele ou o cabelo exposto.

Não use nenhum produto

Usar coisas como condicionador, loção corporal ou creme facial após a exposição a uma explosão nuclear não é uma boa ideia. Supostamente, os produtos podem se ligar a partículas radioativas e prendê-las em nossa pele e cabelo.

Coma apenas coisas embaladas
©Shutterstock

Coma apenas coisas embaladas

Será seguro comer apenas de recipientes selados como embalagens, garrafas ou latas, bem como coisas que estavam em lugares fechados como uma despensa ou geladeira. No entanto, o CDC recomenda limpar recipientes, balcões e utensílios antes de comer qualquer coisa. Certamente não devemos comer nada que tenha ficado descoberto, como frutas ou vegetais de uma horta, por causa da exposição à precipitação.

Fique abrigado por 24 horas

Até que lhe digam para sair, você deve ficar em seu abrigo por pelo menos 24 horas para que o risco de contaminação possa diminuir suficientemente.

Mantenha o distanciamento social

Se você está em um abrigo compartilhado, mantenha uma distância de pelo menos seis metros entre você e pessoas que não fazem parte de seu núcleo familiar. Se possível, use máscara nesses casos.

Tenha uma ordem de prioridades estabelecida

Mesmo que a gente queira se reunir com nossos entes queridos imediatamente, a prioridade é que todos permaneçam seguros e não contaminados nas primeiras 24 horas após uma explosão. Só depois desse período, é que é mais seguro se reunir e evitar a exposição a radiação perigosa.

Mantenha o lugar limpo

Mantenha sua área de convivência no abrigo limpa e desinfete itens tocados com frequência, como brinquedos, celulares e outras superfícies. Evite tocar em superfícies que muitas pessoas tocam, como maçanetas, e lave as mãos com frequência.

Mantenha-se sintonizado

Talvez celulares, televisão e internet tenhas suas transmissões interrompidas, mas é importante ficar atento a informações oficiais para saber quando é seguro sair do abrigo e para onde você deve ir. Rádios movidos à bateria e manivela são uma aposta segura em uma situação nuclear de emergência.

Como se preparar

Apesar de ninguém poder viver se preparando para a destruição iminente, há pequenas coisas que podemos fazer para estarmos preparados para o pior cenário, como identificar locais de abrigo nas áreas que frequentamos. Você também pode preparar um kit de suprimento de emergência com coisas como água engarrafada, alimentos embalados, medicamentos, um rádio de pilha, uma lanterna e uma muda de roupa.

Gerenciamento de estresse

Durante esses tempos estressantes, tente se manter conectado com os entes queridos para ajudar a gerenciar o estresse e o trauma. Mesmo sem uma explosão nuclear, é essencial cuidar da nossa saúde mental durante tantas ameaças iminentes à nossa segurança. E lembre-se: você não está sozinho nisso!

Fonte StarsInside

 

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments